Conceito de sujeito

2321 palavras 10 páginas
Conceito de sujeito

Dando inicio a este trabalho, pode se verificar diversos significados de sujeito. No dicionário Aurélio, o termo sujeito é definido como ser individual,real, que se considera como tendo qualidades ou praticado ações. No Dicionário de filosofia de Oxford, Sujeito aparece como sinônimo de Eu. No Vocabulário técnico e crítico de filosofia de A. Lalande, Sujeito aparece definido desde da lógica, da metafísica, da psicologia, da sociologia, do direito e da filosofia.
O uso do termo Sujeito varia também dentro da filosofia. Por exemplo para Heidegger Sujeito é uma categoria da filosofia que se deve desconstruir, para Marx a história é um processo sem Sujeito, e portanto a noção de Sujeito seria uma categoria da
…exibir mais conteúdo…

Como o saber muda , o Sujeito também muda, causando o surgimento de um Sujeito novo em função da nova relação deste com o saber.
Para Lacan o Sujeito novo seria o Sujeito da ciência em tanto fundamento da modernidade do Sujeito. Para Lacan o aparecimento de um Sujeito que se poderia chamar de moderno, está historicamente localizado a partir da publicação das Meditações metafísicas de Descartes , que com a operação do Cogito teria produzido este Sujeito novo.
Situar o Sujeito moderno como decorrente da operação Cartesiana, é centralizá-lo em relação à uma razão objetiva. Este sujeito "reflexivo", seria moderno por diferir de um anterior, cuja característica seria a de ser centro do conhecimento.
Para Lacan o Sujeito cartesiano é o pressuposto da noção de inconsciente, pois a psicanálise, tal qual Descartes, parte do fundamento do sujeito da certeza, ou seja o Sujeito pode ter certeza de si desde que se possa destacar no seu discurso dúvidas que aparecem como reveladoras de um Sujeito dividido. O lugar do "eu penso" é para Freud independente do "Eu sou".
Para Lacan, um dos temas que caracteriza o pensamento moderno, é a idéia de um personagem vivendo só em uma ilha deserta, e mencionando Robinson Crusoé, sugere que esta idéia representa o começo da era moderna, pois seria fundamental para o homem moderno poder afirmar sua independência, e autonomia em relação a todo amo e a

Relacionados

  • RORSCHACH - Resumo
    2719 palavras | 11 páginas
  • Resumo livro teoria do conhecimento johannes hessen
    3353 palavras | 14 páginas
  • Direito penal fichamento artigos 184 aos 212
    2661 palavras | 11 páginas
  • Análise dos art. 197 à 212 do CP
    4384 palavras | 18 páginas
  • A crise da psicologia clínica no mundo contemporâneo
    7647 palavras | 31 páginas
  • Teoria da aprendizagem
    9636 palavras | 39 páginas
  • Abordagem teórica de jean piaget, lev vygotsky no processo de aprendizagem
    3631 palavras | 15 páginas
  • Resumo Stuart Hall Identidade
    4656 palavras | 19 páginas
  • Direito penal
    6856 palavras | 28 páginas