Concepçoes esteticas

2053 palavras 9 páginas
Concepçoes esteticas..

Introdução:
Neste trabalho falaremos sobre o conceito de naturalismo, o naturalismo na arte grega, a estética medieval e a estilização, o naturalismo renascentista, racionalismo e academismo: a estética normativa, os empiristas ingleses, Kant e a critica do juízo estético, o idealismo de Schiller, a estética romântica, a modernidade e o formalismo, o pós-modernismo e o pensamento estético no Brasil. 1- Isto é arte?
O conceito de belo é iminentemente histórico. Cada época e cada cultura tem seu padrão de beleza próprio.
Na contemporaneidade, é comum a incorporação do cotidiano, do efêmero e dos valores difundidos pelos meios de comunicação de massa ao universo da arte. 2- A arte grega e o conceito de
…exibir mais conteúdo…

Elemento cartesianos e aristotélicos foram combinados e o seguir a natureza passou a ser visto como seguir a razão. Por isso, o racionalismo estético tentou estabelecer normas para o fazer artístico. A natureza, por exemplo, deveria ser imitada e representada em abstrato. Posteriormente, baseado nesses pensamento nasceu o academismo.

6- Os empiristas ingleses
Para John Locke a beleza não é uma qualidade das coisas em si, é um sentimento na mente de quem as contempla.
David Hume apresenta uma divisão do “mecanismo do gosto” em dois estágios : * o primeiro estagio é perceptivo. * O segundo é um estagio afetivo.
Locke afirma que quando as diferenças de gosto são puramente afetivas, não podemos considerar um gosto superior ou inferior ao outro.

Hume aponta duas fontes da diferença de gosto: os diferentes humores dos indivíduos e as diferentes culturas. E por causa dessas diferenças no gosto, afirma que o padrão só existe quando juízes verdadeiros dão um veredito conjunto.

7- Kant e a crítica ao juízo estético
Na "Crítica do juízo”,elaborada em 1790, Kant se preocupa em criticar o julgamento estético. Kant começou a base lógica do juízo estético da base lógica dos juízos sobre outras fontes de prazer e da base dos juízos de utilidade e bondade. Também separou percepçào estética e formas de pensamento conceitual (belo é o que agrada independente de um conceito). Kant também dividiu a

Relacionados

  • Estética e industria cultural
    2692 palavras | 11 páginas
  • A TEORIA DA RECEPÇÃO: UMA RELAÇÃO DINÂMICA ENTRE AUTOR, OBRA E LEITOR.
    2457 palavras | 10 páginas
  • A relação entre Arte e Sociedade
    1855 palavras | 8 páginas
  • Ensianr Uma Atividade Complexa
    2314 palavras | 10 páginas
  • Metodologia do ensino da arte-artes visuais
    4061 palavras | 17 páginas
  • Introdução à engenharia - pesquisa tecnológica e criatividade
    1269 palavras | 6 páginas
  • RELEITURA TRIDIMENSIONAL DE ROMERO BRITTO
    1893 palavras | 8 páginas
  • APLICABILIDADE DA BIOSSEGURANÇA E DA BIOÉTICA NOS RECURSOS ESTÉTICOS
    6068 palavras | 25 páginas
  • Leitura da história da arte moderna de giulio carlo argan.
    3750 palavras | 15 páginas
  • Vaps
    6068 palavras | 25 páginas