Conflitos

1933 palavras 8 páginas
Conflito: um dilema organizacional

RESUMO

Este artigo enfatiza um acontecimento comum no dia-a-dia das organizações, que na maioria das vezes pode gerar o fim das empresas. Trata-se do conflito, que é o choque de idéias antagônicas entre membros ou setores da instituição. Procuramos fomentar sua importância, apresentando algumas maneiras de como se apresenta, e, definir até que ponto se faz necessário esta realidade (o conflito) para o bem do organismo, pois o administrador deve estar atento a todo conjunto, de forma que a dinâmica da organização não seja interrompida ou aniquilada por este sentimento (do conflito).

PALAVRAS-CHAVE

Conflito; Dilema Organizacional; Teoria Estruturalista.

INTRODUÇÃO

A Teoria Estruturalista surgiu por volta da década de 1950 como um desdobramento das análises dos autores voltados para a teoria da burocracia que tentaram conciliar as teses propostas pela Teoria Clássica e pela de Relações Humanas. Todavia, as organizações não funcionam dentro de um mar de rosas. Existem conflitos e dilemas organizacionais que provocam tensões e antagonismos envolvendo aspectos positivos e negativos, mas cuja resolução conduz a organização à inovação e à mudança. Existem muitas definições de conflito. Apesar dos diferentes sentidos que a expressão acabou por adquirir, diversos temas comuns encontram-se na maioria das definições. O conflito precisa ser percebido pelas partes envolvidas; existência ou não do conflito é uma

Relacionados

  • Conflitos empresariais
    5112 palavras | 21 páginas
  • conflito funcional
    1799 palavras | 8 páginas
  • Conflitos mundias
    4396 palavras | 18 páginas
  • Conflitos geopolíticos e conflitos étnicos
    19418 palavras | 78 páginas
  • Conflito basco
    4385 palavras | 18 páginas
  • Conflitos étnicos
    16742 palavras | 67 páginas
  • Conflitos geograficos
    1786 palavras | 8 páginas
  • Adm conflitos
    1893 palavras | 8 páginas
  • Conflitos etnicos
    1981 palavras | 8 páginas
  • Conflitos organizacionais
    2803 palavras | 12 páginas