Conhecimento Moderno - Pedro Demo

1790 palavras 8 páginas
O livro foi escrito por Pedro Demo, professor da Universidade de Brasília no departamento de Sociologia de 1976 a 2008, em 1997, com o objetivo de "formular uma discussão crítica em torno do conhecimento moderno, conjugando virtudes teóricas e práticas e acentuando principalmente sua capacidade de intervenção na realidade". Logo na introdução, ele já afirma que tanto a universidade quanto a escola não estão conseguindo acompanhar o ritmo inovador da sociedade, conferindo-lhes visível obsolescência. Além disso, também apresenta a estrutura do livro, que compõe-se em duas partes principais: na primeira, ele propõe estudar "a modernidade do conhecimento, principalmente sua verve desconstrutiva e interdisciplinar”. Depois, analisar "horizontes de sua incidência na realidade histórica, para aquilatarmos, ao mesmo tempo, faces positivas e negativas da inovação pelo conhecimento”.
Após a introdução, o autor inicia o capítulo afirmando que o conhecimento moderno é desconstrutivo e apresenta um "ímpeto metodológico questionador", ou seja, essa característica questionadora direciona o conhecimento para a inovação, tornando-se a dinâmica central da economia competitiva, sendo que esta última "inova para vender e lucar mais, inclusive forçando o consumo através de produtos de vida curta". Além disso, afirma que "a maioria dos 'novos modelos' (de automóveis, eletrodomésticos, roupas etc) não corresponde a necessidades humanas concretas, mas ao consumismo". Então, mais à frente, aponta a

Relacionados

  • FICHAMENTO DO TEXTO: A Construção Científica de Pedro Demo
    3258 palavras | 14 páginas
  • Resumo:LDB Ranços e Avanços de Pedro Demo
    3734 palavras | 15 páginas
  • Demarcação cientifica Pedro Demo
    6018 palavras | 25 páginas
  • Resenha critica - pedro demo
    669 palavras | 3 páginas
  • Resumo "Estudar" Pedro Demo
    2014 palavras | 9 páginas
  • Síntese - educar pela pesquisa - pedro demo
    902 palavras | 4 páginas
  • Fichamento da obra: DEMO, Pedro. Pesquisa e construção de conhecimento: metodologia científica no caminho de Habermas.
    1079 palavras | 5 páginas
  • Praticar ciência, pedro demo - resenha descritiva
    1145 palavras | 5 páginas