Consumindo O “Outro” - Branquidade, Educação E Batatas Fritas Baratas

5701 palavras 23 páginas
Contra a propaganda e as batatas fritas bartas do
McDonald's
Por Michael W. Apple (citado por Carol) 26/10/2001 às 08:36

texto sobre o McDonald's
Caros amigos, a coisa é revoltante...
Muitos de vocês já viram, ou verão, uma propaganda do McDonald's onde um menino aparece a frente de toneladas de batatas, explicando de onde elas vêm e que são "destinadas a fazer a batatinha mais gostosa do mundo!" O que ele não sabe, e provavelmente, a maioria de nós, é como é produzida essa batata, e quantas vidas indonésias são perdidas para nós, felizes ocidentais, comermos a batatinha mais gostosa do mundo. Leiam esse artigo e reflitam antes de comê-las!
Um abraço,
Carol
PS: O artigo traz outros assuntos afins.
Consumindo o ?outro?
…exibir mais conteúdo…
Ainda assim é crucial ouvir a história. Escutem-na.
O governo da nação decidiu que a importação do capital estrangeiro é crítica para sua própria sobrevivência. Trazer americanos, alemães, britânicos, japoneses e outros investidores e fábricas claramente criará empregos, criará capital para investimentos e tornará a nação capaz de ingressar rapidamente no século XXI.
(trata-se, evidentemente, de uma ?conversa? dos grupos dominantes, mas vamos supor que eles acreditem, realmente, nisso). Um dos modos pelos quais o governo, dominado pelos militares, planejou fazer isso constituiu em colocar parte de seus esforços de recrutamento no ?agri-business?. Na busca deste objetivo, o governo ofereceu vastas extensões de terra aos interesses internacionais na área de ?agribusiness?, a muito baixo custo. De particular importância para a planície que atravessávamos era o fato de muito desta terra havia sido oferecida a um fornecedor de uma grande empresa americana de restaurantes de ?fast food? pra plantar batatas, para fazer as fritas do restaurante, uma das marcas registradas de seu grande sucesso por todo o mundo.
A empresa estava ansiosa para aproveitar a oportunidade de transferir parte de sua produção de batatas dos Estados Unidos para a Ásia. Como muitos dos trabalhadores rurais dos Estados Unidos estão agora sindicalizados e estão
(corretamente) exigindo salários razoáveis, e uma vez que o governo daquela

Relacionados

  • Consumindo o “outro” - branquidade, educação e batatas fritas baratas michael w. apple
    5052 palavras | 21 páginas