Crematórios: legislação pertinente para o licenciamento ambiental

3921 palavras 16 páginas
Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental

Crematórios: legislação pertinente para o Licenciamento Ambiental

Andrea Marquez Morato
Semestre 3 – Tecnologia em Gestão Ambiental
Polo Botucatu/SP
Maio/2013
Resumo

O objetivo deste trabalho é mostrar a importância da Legislação vigente e como proceder para conseguir o Licenciamento Ambiental pertinente para a instalação de um Crematório.

Certa de que uma incursão histórica ao tema Cremação torna-se fundamental para que meu trabalho seja acessível não só a Técnicos em Gestão Ambiental como também a leigos, discorri sobre o assunto antes de seguir para a parte técnica.

Importante frisar que os
…exibir mais conteúdo…
Importada da China, a cremação foi adotada como advento do Budismo, no Japão, em 552 D.C. Primeiramente foi aceita pela aristocracia e, a seguir, pelo povo. A falta de espaço territorial incentivou e incrementou a prática. Em 1867 promulga-se lei que obriga a incineração de pessoas mortas por doenças contagiosas, tornando eficaz e eficiente o controle sanitário. Os cidadãos e todas as religiões passam a considerar normal cremar todos os mortos.

Como um ritual

Um feixe de madeira, acima do qual suspendia-se o corpo sobre as chamas de uma pira, designação dada pelos antigos para a fogueira de incineração, assim foi o início do processo crematório. O tempo tornou mais elaboradas, e sofisticadas, suas técnicas.
A Índia foi o primeiro país a praticar a cremação pública, embrulhando seus cadáveres em lençóis e jogando as cinzas funerárias no rio Ganges.

Crescimento

Nos anos 70, a Inglaterra já contava 190 crematórios e quase a metade das mortes ocorridas tinham, nesse processo, seu destino final: cerca de 300 mil ao ano.
Nos Estados Unidos, na mesma época, 230 crematórios estavam em atividade e, em 1970, contou-se mais de 88 mil cremações.
A expansão dessa prática teve proporções significativas mundo afora, destacando-se a Suécia, Noruega, Dinamarca, Islândia e Finlândia, países escandinavos.
Em vários países da Europa, com crematórios instalados em áreas densamente povoadas, cada vez

Relacionados

  • Arquiteta Urbanista
    15507 palavras | 62 páginas
  • As funções da CETESB
    2433 palavras | 10 páginas
  • TCC ABRIGO PARA ANIMAIS
    15317 palavras | 62 páginas