Crescimento Populacional e Meio Ambiente: o discurso neomalthusiano

2252 palavras 10 páginas
Crescimento Populacional e Meio Ambiente: o discurso neomalthusiano

A relação entre população e meio ambiente vem sendo interpretada predominantemente através da abordagem neomalthusiana, segundo a qual o equilíbrio ambiental apresenta-se como produto do tamanho e crescimento da população, havendo assim, uma relação direta entre crescimento demográfico e pressão sobre recursos naturais. Disso resulta a conclusão imediata da necessidade do controle populacional.

Essa visão simplista, no entanto, não relaciona a questão ambiental aos aspectos ligados ao desenvolvimento e ao crescimento econômico, ou seja, não incorpora que os padrões de produção e consumo, até então conhecidos, são extremamente devastadores e poluidores.

Assim,
…exibir mais conteúdo…
A responsabilidade por esses problemas é diferenciada também de acordo com as condições econômicas dos países.

Assim, os problemas ambientais globais, exceto no caso da perda de biodiversidade, seriam resultado, majoritariamente, do padrão de consumo dos países mais industrializados. Enquanto isso, os países menos industrializados estariam envolvidos em problemas como a desertificação, o desmatamento, enchentes, esgotamento de recursos naturais, além de problemas emergentes como poluição do ar e chuva ácida.

A contribuição relativa dos diferentes países para os diversos problemas ambientais apresenta-se de forma diferenciada. Atualmente, pode-se concluir que os países de industrialização mais avançada possuem a maior parcela de responsabilidade, provocando a maioria dos problemas ambientais mais sérios, como o efeito estufa, a diminuição da camada de ozônio e o acúmulo de lixo tóxico. De acordo com Martine (op.cit.), é justamente por isso que para os países desenvolvidos, o discurso neomalthusiano, relacionando os problemas ambientais apenas ao crescimento populacional, é mais tranquilizador porque "lhes evita ter que fazer um exame crítico da civilização industrial ou da sua responsabilidade na degradação ambiental global". (p.10)

Aos países menos industrializados cabe a responsabilidade sobre outros tipos de problemas como a desertificação, o desmatamento, as enchentes, o esgotamento de recursos naturais

Relacionados

  • Problemas ambientais urbanos
    2529 palavras | 11 páginas
  • teoria ecomalthusiana
    2188 palavras | 9 páginas
  • Principais Teorias Demograficas
    3297 palavras | 14 páginas