Crimes do estatuto do torcedor

984 palavras 4 páginas
TRABALHO DE DIREITO PENAL ELABORADO NO CURSO DE
GRADUAÇÃO EM DIREITO DA
UNIBAN/SP

SÃO PAULO-SP 2012

CRIMES DO ESTATUTO DO TORCEDOR:

A violência nos estádios está se tornando cada vez mais comum. As brigas frequentes entre torcedores de facções organizadas não são apenas protagonizadas dentro dos estádios, pelo contrário, a maioria delas acontecem ao redor do local onde está situado o campo de futebol.
Esse tipo de violência se tornou frequente a partir da década de 80 com o surgimento maciço de torcidas organizadas, que além de torcerem por seus clubes passaram a rivalizar intensamente com outros grup os de torcedores rivais, chegando ao ponto de trocas de agressões.
Segundo o estatuto em seu artigo segundo entende -se por torcida organizada a “pessoa jurídica de direito privado ou existente de fato, que se organize para o fim de torcer e apoiar entidade de prática esportiva de qualquer natureza ou modalidade”. Crime, em termos jurídicos, é toda conduta típica, antijurídica e culpável, praticada por alguém. Num sentido formal, crime é uma violação da lei penal incriminadora. No dia (27/07/2010) foi publicada a Lei 12.299/10, que fez

alterações no Estatuto do Torcedor incluindo a já existente 10671/03.
As alterações que mais nos interessam são as de caráter penal. A nova legislação insere o Capítulo XI-A, intitulado "Dos Crimes", composto por 6 artigos. São eles:
"Art. 41-B. Promover tumulto, praticar ou incitar a violência, ou invadir

Relacionados

  • Classificação dos crimes
    5179 palavras | 21 páginas
  • Geografia do crime e globalização do crime
    1134 palavras | 5 páginas
  • Estatuto do congressista
    2448 palavras | 10 páginas
  • Estatuto do desarmamento
    1887 palavras | 8 páginas
  • ESTATUTO DO IDOSO
    1658 palavras | 7 páginas
  • Estatuto dos Policiais Militares do Piaui
    13847 palavras | 56 páginas
  • Estatuto do pen
    17945 palavras | 72 páginas
  • TEORIA DO CRIME
    1810 palavras | 8 páginas
  • Imprescritibilidade dos crimes hediondos
    5015 palavras | 21 páginas