Criminologia drogas e criminalidade

4404 palavras 18 páginas
Universidade Salgado de Oliveira

Criminologia
Drogas e Criminalidade

Helen Júlia Barbosa
Mikaele Cristina Maciel Silva
Jaqueline Silva de Oliveira

Introdução

Trabalho apresentado com um estudo parcial das drogas e suas influências no individuo e na sociedade , os principais problemas enfrentados
Por todos, desde a família até a sociedade e o Estado.

Os principais Tipos de Drogas

Em sentido amplo a palavra droga refere-se a qualquer substância ou ingredientes utilizados em farmácias e laboratórios químicos, assim como cigarros e álcool, drogas lícitas.
Dentre as drogas os piores tipos de drogas existente, estão as ilícitas, que causam danos em longo prazo. A Lei 11.343 de 26 de Agosto refere-se a nova lei, reformulada, que
…exibir mais conteúdo…
Os problemas começam nas vias de entrada da droga, como a necrose (morte dos tecidos) da mucosa nasal ou das veias, dependendo da forma como é consumida. A quinina, uma substância que pode estar misturada à cocaína, pode levar à cegueira irreversível. Infecção sanguínea, pulmonar e coronária também são conseqüências do seu uso.
Um dos grandes problemas da cocaína é a adulteração pela qual o produto puro passa. Como é comercializada por peso, diversas substâncias são acrescidas ao produto inicial, como soda cáustica, solução de bateria, água sanitária, cimento, pó de vidro, talco, etc.

Crack

O crack é uma droga que foi criada com a intenção de causar uma alteração psicológica no usuário. É diferente de algumas outras drogas que tiveram sua criação com propósitos medicinais.
Devido ao barulho que provoca durante sua queima é que se deu o nome para esta droga, que é composta da mistura da cocaína em pasta não refinada com bicarbonato de sódio e que possui formato de pequenas pedras.
Os efeitos que o crack provoca nas pessoas chegam a ser cinco vezes maiores que os da cocaína e duram em média 10 minutos.
O usuário de crack torna-se eufórico instantaneamente, porém de forma passageira, seguindo-se dos sintomas de depressão, hiperatividade, insônia, perda de peso, desnutrição e um comportamento muito agressivo. Com o aumento considerável da pressão arterial que é causado pela droga, seu uso contínuo pode causar um ataque cardíaco e derrame cerebral e com o passar do tempo,

Relacionados

  • Globalização e criminalidade
    5293 palavras | 22 páginas
  • Criminologia - Perguntas e Respostas
    3750 palavras | 16 páginas
  • criminologia escola cientifica e moderna
    1659 palavras | 7 páginas
  • criminologia: fatores endogenos e exogenos
    1754 palavras | 8 páginas
  • Criminologia
    15336 palavras | 62 páginas
  • Criminologia Clinica e Psicologia Criminal
    7845 palavras | 32 páginas
  • Urbanização e criminalidade
    953 palavras | 4 páginas
  • A violência e a criminalidade no brasiil e no mundo
    2704 palavras | 11 páginas