Critérios de rateio e esquema básico de contabilidade de custos i e ii

4203 palavras 17 páginas
critérios de rateio e esquema básico de contabilidade de custos I e II

SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 3 2 CRITÉRIOS DE RATEIO DOS CUSTOS INDIRETOS 4 2.1 ANÁLISE DOS CRITÉRIOS DE RATEIO – CUSTOS COMUNS 4 2.2 CRITÉRIOS DE RATEIO MAIS USUAIS NO MERCADO 4 2.3 INFLUÊNCIA DOS CUSTOS FIXOS E DOS CUSTOS VARIÁVEIS 6 2.4 IMPORTÂNCIA DA CONSISTÊNCIA NOS CRITÉRIOS 7 2.5 CONCILIAÇÃO ENTRE CUSTOS E CONTABILIDADE FINANCEIRA 8 3 ESQUEMA BÁSICO DA CONTABILIDADE DE CUSTOS (I) 11 3.1 SEPARAÇÃO ENTRE CUSTOS E DESPESAS, APROPRIAÇÃO DOS CUSTOS DIRETOS, APROPRIAÇÃO DOS CUSTOS INDIRETOS 11 3.2 ESQUEMA BÁSICO E CONTABILIZAÇÃO DOS CUSTOS 15 4 ESQUEMA BÁSICO DA CONTABILDIADE DE CUSTOS (II) 16 4.1 CONCEITUAÇÃO DE DEPARTAMENTO 16 4.3 CUSTOS
…exibir mais conteúdo…

E o critério adotado pela empresa é o de número de pessoas atendidas de cada departamento. Poderão ocorrer situações um tanto quanto ilógicas se, em determinado mês, somente um departamento fizer uso do Ambulatório, e receber, por isso, todos os Custos Indiretos dele.
Acontece que o Ambulatório possui quase exclusivamente Custos Fixos, e se for feito um rateio com base num critério como esse, de base variável (número de atendimento), o valor em reais a ser alocado passará a depender não só dos atendimentos a cada departamento, mas também do número total de consultas. Além disso, o Ambulatório existe também como potencial de serviços, e é mantido muito mais em função da probabilidade de uso do que seu uso efetivo. A utilização média dos últimos três anos, por exemplo, é de maior significado que o número de consultas do último mês. O rateio com base no número de funcionários é também critério mais apropriado.
A Casa de Força, noutro exemplo, também tem um custo de funcionamento muito mais em função do potencial de utilização do que o efetivo consumo de energia em cada período. A alocação com base no consumo de cada mês pode ficar desconcertante se seus custos são predominantemente fixos.
É fácil então de se verificar que uma regra simples deve ser utilizada: departamentos cujos custos forem predominantemente fixos devem se rateados à base de potencial de uso, e departamentos cujos

Relacionados

  • Contabilidade De Custos Cronograma De Aulas
    2032 palavras | 9 páginas
  • Empresa fictícia -comercio
    7298 palavras | 30 páginas
  • Exercicios contabilidade
    11845 palavras | 48 páginas
  • Lista 2ª PARTE CCO310 - 2013 - RESPOSTAS
    13058 palavras | 53 páginas
  • Metodos de custeio por absorção e custeio direto
    6339 palavras | 26 páginas
  • Livro - Contabilidade de Custos - Silvério das Neves
    13826 palavras | 56 páginas
  • Contabilidade
    15906 palavras | 64 páginas
  • Organização, sistemas e métodos
    8579 palavras | 35 páginas