DIREITO INTERNACIONAL AMBIENTAL

5258 palavras 22 páginas
DIREITO
INTERNACIONAL
DO
MEIO AMBIENTE
CAMPUS: PAMPULHA – BHTE/MG.
PROFESSOR: BRÁULIO DE MAGALHÃES SANTOS
CADEIRA: DIREITO INTERNACIONAL DO MEIO AMBIENTE
CURSO: GRADUAÇÃO EM DIREITO – 8º PERÍODO – TURNO: NOITE

NOME: CARLOS ALBERTO DA CUNHA RA: 02430000248
NOME: EMERSON B. DA SILVA JÚNIOR RA: 02440000248
NOME: JOSÉ BENEDITO DA CUNHA JÚNIOR RA: 02440000102
NOME: JUCÉLIA RA:
NOME: JOSUÉ RA:
NOME: RANGEL PEREIRA DUARTE RA: 02440000070
NOME: ROSANGELA RA:
DECLARAÇÃO DO RIO SOBRE O MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO - (RIO+20)

“Antecedentes históricos e motivações que levaram ao Tratado”
Estocolmo 1972

• Realizada há quarenta anos, a Conferência de Estocolmo representou o primeiro grande passo em busca da superação dos problemas ambientais. Até então, era comum pensar que os recursos naturais eram inesgotáveis e que a Terra suportaria toda ação humana. Foi somente a partir da reunião de Estocolmo, a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, que a temática ambiental passou a integrar a agenda política internacional.

• A pol uição crescente da água e do ar, a ameaça de extinção de espécies da fauna e da flora e os cada vez mais comuns acidentes ambientais, como o que ocorreu

Relacionados

  • Direito ambiental
    1573 palavras | 7 páginas
  • Direito internacional
    8086 palavras | 33 páginas
  • Direito internacional
    4710 palavras | 19 páginas
  • Direito Internacional
    2004 palavras | 9 páginas
  • Direito internacional
    3733 palavras | 15 páginas
  • Direito internacional
    2838 palavras | 12 páginas
  • Direito Ambiental
    1865 palavras | 8 páginas
  • Direito ambiental
    1666 palavras | 7 páginas
  • Direito internacional
    1374 palavras | 6 páginas