DIRETRIZES DA PRÁTICA DE EUTANÁSIA DO CONCEA

1843 palavras 8 páginas
DIRETRIZES DA PRÁTICA DE EUTANÁSIA DO CONCEA

Definição de eutanásia : constitui-se no modo humanitário de matar o animal, sem dor e com mínimo desconforto. É a prática de causar a morte de um animal de maneira controlada e assistida para alívio da dor e/ou do sofrimento

Critérios a serem adotados para eutanásia : Estas diretrizes objetivam estabelecer procedimentos que evoquem o mínimo de dor e sofrimento com a realidade da maioria dos estabelecimentos onde a eutanásia é realizada.

Condições necessárias para eutanásia do ponto de vista do executor : A eutanásia exige consideracões morais e éticas para que a prática seja realizada de forma humanitária. A exposicão constante dos técnicos ao procedimento
…exibir mais conteúdo…
O halotano apresenta o menor custo e odor agradável. Entretanto, possui a desvantagem de ser biotransformado em até 20% pelo ser humano, o que causa risco a saúde dos operadores.
Dióxido de carbono : Apesar de o CO2 apresentar efeito analgésico e anestésico geral em altas concentracões, não é um método humanitário para nenhuma espécie. Concentracões a partir de 40-50% são desagradáveis para os seres humanos, pois levam à formação de ácido carbonico na cavidade oral e acima de 50% são nocivas. Tal fenomeno também ocorre nos animais. Em contrapartida, o tempo até a inconsciencia é inversamente proporcional à concentracão utilizada. Diversos efeitos adversos são observados em cães, como dispneia, ataxia, espasmos musculares, miccão, salivacão, defecacão, contracões tonicas e convulsões, o que torna este método inaceitável nesta espécie.

Nitrogênio e o argônio : Estes agentes atuam por induão de hipoxemia. Compõem 78% e 1% do ar ambiente, respectivamente. O uso de 98,5% de nitrogenio por 45 a 60 segundos causa inconsciencia em 76 segundos, confirmado pelo eletroencefalograma (EEG) e óbito em 5 minutos em cães. Os sinais observados após inconsciência são: hiperventilacão, dispneia, vocalizacão, convulsão e tremores musculares. O uso prévio de acepromazina não é aconselhado, já que prolonga sobejamente o tempo até o óbito, chegando a 51 minutos. Desta forma, o uso destas substancias é altamente questionável do ponto de vista humanitário, já que o

Relacionados

  • A FASE DA PREPARAÇÃO - DIRETRIZES PRÁTICAS PARA CHEGAR EM FORMA À REUNIÃO
    987 palavras | 4 páginas
  • As origens da pratica do cuidar
    952 palavras | 4 páginas
  • Paper - lei de diretrizes e base da esducação
    1938 palavras | 8 páginas
  • Políticas de saúde: fundamentos e diretrizes do sus
    1115 palavras | 5 páginas
  • Principais aspectos do multiculturalismo e diversidade na lei de diretrizes e bases da educação nacional
    1881 palavras | 8 páginas
  • Trabalho de Eutanasia - Deontologia
    3097 palavras | 13 páginas
  • Manual de boas práticas da cultura do kiwi
    6504 palavras | 27 páginas
  • Atitude ética do psicólogo nos casos de eutanasia e distanasia
    2456 palavras | 10 páginas
  • Implicação morais da prática da eutanásia
    1900 palavras | 8 páginas