Deformação da Arte Moderna

3709 palavras 15 páginas
SENAC – Rio de Janeiro

RENATA KANITZ

Deformação da Arte Moderna

Rio de Janeiro
2012
RENATA KANITZ

A Deformação da Arte Moderna

Trabalho de conclusão de curso como requisito para a obtenção de título de pós-graduada em Artes Visuais: SENAC-RJ

Orientador: Prof. Dr. Murilo Gabrielli

Rio de Janeiro
2012

RENATA KANITZ

A Deformação da Arte Moderna

Trabalho de conclusão de curso como requisito para a obtenção de título de especialista em Artes Visuais.

“Quando te encarei frente a frente não vi o meu rosto
Chamei de mal gosto o que vi
De mal gosto, mal gosto.
É que Narciso acha feio
O que não é espelho.
E a mente apavora o que ainda não é mesmo velho
Nada do que não era antes quando não somos mutantes.”
Caetano Veloso RESUMO
Este trabalho parte da premissa que a arte, quanto mais deformada for, de menor compreensão e fruição será. Busco com ele compreender a origem da deformação, do distanciamento do Naturalismo, bem como suas origens, que acredito serem pós descobrimento da Fotografia. Acredito que quanto mais esclarecida for essa questão, melhor será a educação artística de crianças e adolescentes. Paralelamente a esse trabalho, estarei realizando uma cessão fotográfica cujo assunto retratado será um só, como também seu enquadramento, porém a ambientação será diferente, em uma seqüência explicitamente baseada na experiência impressionista. Pretendo também ir

Relacionados

  • O belo x feio na historia da arte
    849 palavras | 4 páginas
  • O futurismo
    3834 palavras | 16 páginas
  • Vanguardas em ação
    856 palavras | 4 páginas
  • Análise de textos
    2265 palavras | 10 páginas
  • OS PERIODOS DA NOVA ARTE
    3234 palavras | 13 páginas
  • Vanguarda
    1400 palavras | 6 páginas
  • Aplicabilidade do concreto
    3259 palavras | 14 páginas
  • Surrealismo
    2725 palavras | 11 páginas
  • Os movimentos Artisticos da Vanguarda artistica moderna
    805 palavras | 4 páginas
  • Artes visuais no contexto escolar
    2545 palavras | 11 páginas