Descartes-Hume-Comte-Kant-Nietzsche-Sartre

2321 palavras 10 páginas
RESUMO DE FILOSOFIA
1. Descartes: Racionalismo cartesiano
2. Hume: Empirismo inglês
3. Comte: positivismo
3. Kant: Imperativo categórico Kantiano
4. Nietzsche: memória e alegria e superfície; importância para o Direito
5. Sartre: Existencialismo de Sartre – Explicação da frase “Somos condenados a ser livres” e “A existência precede a essência”
Descartes
● Racionalismo
● Dúvida metódica ou hiperbólica: questionar tudo para encontrar o fundamento do conhecimento ∕ uma primeira verdade → Há algo que duvida e não pode ser o corpo (res extensa). Há de ser algo pensante (res cogitans): “Penso, logo existo”
● A partir dessa certeza, Descartes passa a reconstruir o pensamento que havia destruído.
● Opõe-se ao ceticismo → para se
…exibir mais conteúdo…
- Natureza do espírito positivo → relatividade → passível de evolução = progresso
Kant
● A razão humana é “razão teórica” e “razão prática”, ou seja, razão capaz de determinar também a vontade e a ação moral.
● Razão pura = racional
● O que há em mim que me permite conhecer é a razão pura, mas também é preciso a experiência.
→ Os três tipos de juízo na crítica da razão pura
● Juízo analítico: não te traz novos conhecimentos, pois é um juízo redundante
● Sintético a posteriori: te traz novos conhecimentos; é possível ter o conhecimento após a experiência. Entretanto, esse juízo não é tão seguro, pois os sentidos te enganam.
● Sintético a priori: te traz novos conhecimentos; é uma dedução lógica; não precisa de experiência para entender; noção de tempo e espaço são “formas” de conhecimento nesse caso

→ Imperativo categórico
● Para que a moral tenha um valor universal, ela não pode estar ligada à experiência, pois, se algo deve valer a todos, não pode estar condicionado à circunstâncias sensíveis e singulares.
● Princípios práticos = regras gerais (que vão criar leis)
Dividem-se em dois: Máximas (subjetivas) e Imperativos (objetivos)
- Máximas: vale somente para o sujeito que as propõem
- Imperativos: vale para todos (mandamentos ∕ deveres). Apenas os imperativos são leis morais. Dividem-se em dois: hipotéticos e categóricos
* O imperativo hipotético são regras de conduta e ainda se dividem em dois: regras de habilidade e

Relacionados

  • Filósofos e suas teorias - resumo
    2427 palavras | 10 páginas
  • corpos celeste
    5919 palavras | 24 páginas
  • A simplicidade é o último degrau da sabedoria.
    2180 palavras | 9 páginas
  • Filosofia política é o campo da investigação filosófica que se ocupa da política e das relações humanas consideradas em seu sentido coletivo. na antiguidade grega e romana (principalmente na primeira), discutia-se os
    5619 palavras | 23 páginas
  • Vida obra e teorias de todos filósofos clássicos
    3873 palavras | 16 páginas