Desemprego e suas consequencias

7159 palavras 29 páginas
1. Definição de desemprego
Podem ser considerados como desempregados os indivíduos com idade mínima de quinze anos e que no período de referência se encontre simultaneamente nas seguintes situações:
- não tem trabalho remunerado, nem qualquer outro;
- está disponível para trabalhar num trabalho remunerado ou não;
-tenha procurado um trabalho, isto é, que tenha feito diligências ao longo das últimas quatro semanas para encontrar um emprego remunerado ou não.
Um desempregado não se caracteriza por uma ausência de trabalho, mas sim por uma ausência de emprego remunerado, pois apenas o trabalho remunerado é tido em conta.
1.1 Causas e efeitos do desemprego

Para os economistas chamados clássicos ou monetaristas, o desemprego
…exibir mais conteúdo…
Existem diversos sites especializados em classificados de empregos e sites de agências de headhunter. Com isso o desemprego friccional em economias com alto índice de acesso a internet diminuiu substancialmente, com um prazo de no máximo uma semana para a obtenção de emprego, e com grandes chances de ser a melhor oferta com as informações disponíveis. Ao contrário dos sistemas de balcão de emprego tradicionais do estado, esses sites e agências privadas tem grande incentivo em solucionar o problema de transmissão de informação no mercado. Já que o lucro deles depende da satisfação do cliente, a empresa tem um incentivo a conseguir um emprego no menor prazo possível. O desemprego friccional não desapareceu, mas teve uma redução expressiva nos últimos anos, e teve algum impacto nas taxas de desemprego mundiais. Um estudo mais a fundo pode demonstrar empiricamente qual foi esse impacto.
A Destruição Criadora Schumpeteriana como um processo maior do "desemprego friccional"
Quanto mais desemprego friccional uma economia tem, mais perceptível é a ação do processo de destruição criadora acontecendo nela. Vamos analisar o caso dinamarquês. O desemprego na Dinamarca é de cerca de 1,9% - uma taxa pequena comparada a qualquer país. Alguns podem argumentar que a flexível legislação trabalhista dinamarquesa incentive o sub-emprego.

Relacionados

  • Revolução industrial suas fases e consequencias
    3454 palavras | 14 páginas
  • O narcotráfico no México e suas consequências nas taxas de violência
    2904 palavras | 12 páginas
  • Drogas na adolescencia e suas consequências
    4366 palavras | 18 páginas
  • a chuva e suas consequencias
    1191 palavras | 5 páginas
  • Falta de atividade física na terceira idade e suas consequências.
    1401 palavras | 6 páginas
  • O colonialismo e suas consequências
    803 palavras | 4 páginas
  • Poluição e suas consequências do rio jaguaribe
    1194 palavras | 5 páginas
  • O atraso na entrega do imóvel e suas consequências jurídicas
    4990 palavras | 20 páginas
  • Crescimento imobiliário desordenado e suas consequencias
    2630 palavras | 11 páginas
  • Resistência a mudanças e suas consequencias
    1498 palavras | 7 páginas