Desenvolvimento da didática da concepção humanista tradicional à moderna

4394 palavras 18 páginas
FOCCUS DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL

VALDENITA BALBINA

DESENVOLVIMENTO DA DIDÁTICA DA CONCEPÇÃO HUMANISTA TRADICIONAL À MODERNA

SÃO PAULO
2011
Sumário

Introdução ................................................................................................................ 03
Desenvolvimento da didática da concepção humanista tradicional a moderna....... 05
Conclusão ................................................................................................................ 18
Bibliografia ............................................................................................................... 19

Introdução

“Ocorre que a escola, se vê diante de demandas contraditórias em termos de socialização: de um lado
…exibir mais conteúdo…
Sendo assim a tarefa educativa estava voltada para a catequese e instrução do gentio, criando escolas de primeiras letras e instalando colégios destinados a formar sacerdotes para a obra missionária. Porém a ação pedagógica realizada pelos Jesuítas tomou outra forma, passando a ser direcionada para à educação da elite colonial.
O plano de instrução dos Jesuítas era a formação do homem universal, humanista e cristão. Logo a educação almejava efetivar um ensino de caráter humanista e cultura geral, este era indiscutivelmente enciclopédico e alheio a realidade de vida do Brasil Colônia. As aulas eram expositivas, valorizando a repetição, o ato decorativo e a competição.
Os exames eram orais e escritos, sendo principal meio de mensurar o rendimento do aluno.
È inegável que desde o início da colonização já existia uma desigualdade latente de instrução, isto porque a escola primária era voltada para as classes populares e a escola secundária, direcionada a atender às elites colônias.
Em 1959, com a expulsão dos Jesuítas de Portugal e de seus domínios, foi alterado o modelo educativo vigente. Em seu lugar vieram as aulas régias, estas eram autônomas e isoladas, não se articulavam com outras e pertenciam a qualquer escola, o aluno se “matriculava” em quantas aulas fossem a disciplina que desejasse. Estas culminaram no fracasso devido a má qualificação docente e a falta de unidade pedagógica.
A reforma de Pombal no sistema educacional

Relacionados

  • Educação física humanista - resumo
    3765 palavras | 16 páginas
  • Tendências Pedagógicas
    6462 palavras | 26 páginas
  • A didática e a formação do professor
    2481 palavras | 10 páginas
  • A Pedagogia Realista
    2018 palavras | 9 páginas
  • 7777
    3942 palavras | 16 páginas
  • A alegoria do patrimônio: fichamento
    7654 palavras | 31 páginas
  • Didática: organização do trabalho pedagogico
    6188 palavras | 25 páginas
  • Artigo de opinião educação infantil
    2236 palavras | 9 páginas