Deslizamento de terras

2686 palavras 11 páginas
DESLIZAMENTOS DE TERRA

Santo André 2011

1. Introdução

“Deslizamento ameaça cerca de 60 mil pessoas na região do ABC.”
Repórter Diário, 06/10/2011
“Deslizamentos de terra matam ao menos 22 pessoas em Angra dos reis.”
Terra, 01/01/2010
“Já são 844 os mortos pelas chuvas na Região Serrana do Rio.”
Ig, 12/01/2011

O problema da estabilidade de encostas tem afetado o Brasil de forma bastante intensa nos últimos anos. Os veículos de comunicação diariamente mostram tragédias ocasionadas por deslizamentos, causando mortes e deixando milhares de pessoas desabrigadas.
Podemos afirmar, com base em conceitos da moderna Geotecnia, que as causas para esse fenômeno são “naturais”, já que existe certa tendência à peneplanização (planificação ou diminuição da declividade do solo) por propriedades naturais do solo. Um fator agravante é a ação humana, quando são construídas edificações em locais inapropriados e sem o devido cuidado e planejamento. Os maiores exemplos são as favelas, onde a falta de recursos e de informação impedem que as construções sejam feitas de acordo com as normas legais específicas. Em muitos casos, os deslizamentos afetam as interações dos seres vivos com seu ambiente, o que pode gerar desequilíbrio ecológico em termos populacionais e levar até mesmo a alterações genéticas na população, como provocando os efeitos de fluxo gênico ou gargalo populacional.
A maneira natural de lidar com o problema é conhecer a morfologia e dinâmica

Relacionados

  • Deslizamentos de terra
    3033 palavras | 13 páginas
  • Deslizamento de terra
    1256 palavras | 6 páginas
  • Taludes
    3898 palavras | 16 páginas
  • Áreas de risco geológico
    1499 palavras | 7 páginas
  • TCC CORTINA ATIRANTADA
    5359 palavras | 22 páginas
  • Catástrofes naturais
    1309 palavras | 6 páginas
  • Acidentes Geológicos
    1943 palavras | 8 páginas
  • Catastrofes naturais
    1866 palavras | 8 páginas
  • desastres naturais
    1938 palavras | 8 páginas
  • Tsunamis e terremotos
    2241 palavras | 9 páginas