Difração da Luz

1623 palavras 7 páginas
Introdução
No desenvolvimento deste trabalho o assunto principal será a luz que é uma onda eletromagnética; portanto é constituída por campos elétricos e magnéticos que oscilam, periodicamente, no tempo e no espaço. A natureza ondulatória da luz fica evidente, quando seu comprimento de ondas é comparável às dimensões de obstáculos ou aberturas existentes em seu caminho. Fenômenos de interferência e difração da luz são exemplos da sua natureza ondulatória.
O efeito de duas ou mais ondas as se encontrarem em um ponto do espaço, em certo instante, é determinado pelo princípio da superposição. Se elas encontram-se em faze, ou seja, se os máximos das ondas coincidirem, elas produzem uma onda resultante, cuja amplitude é igual à soma das amplitudes de cada uma nesse caso, diz-se que ocorre interferência construtiva das ondas. Por outro lado, se as ondas, ao se encontrarem, estão fora de fase, ou seja, se o máximo de uma coincide com o mínimo da outra, ocorre interferência destrutiva e a amplitude da onda produzida é igual à diferença entre as amplitudes das duas ondas.

BOA LEITURA!

A Difração da Luz
Difração (AO 1945: difracção) é um fenômeno que ocorre com as ondas quando elas passam por um orifício ou contornam um objeto cuja dimensão é da mesma ordem de grandeza (ou seja, os seus valores são aproximados, tais como o 8 e o 10) que o seu comprimento de onda.
Como este desvio na trajetória da onda, causado pela difração, depende

Relacionados

  • A Importância da Luz no Cinema
    1481 palavras | 6 páginas
  • Resumo livro missionários da luz
    3464 palavras | 14 páginas
  • Propriedades da luz
    1027 palavras | 5 páginas
  • Relatório experimental: difração da luz por fendas
    1899 palavras | 8 páginas
  • Difraçao
    948 palavras | 4 páginas
  • Interferencia e difração da luz
    1387 palavras | 6 páginas
  • Física - Propriedades da Luz
    612 palavras | 3 páginas
  • Determinação do comprimento de onda da Luz
    809 palavras | 4 páginas