Direito dos Animais

3277 palavras 14 páginas
Introdução

O meio ambiente sadio e equilibrado é formado por um todo, inclusive pelo os animais, desta forma devemos destacar a importância dos animais em nossa vida e na preservação e conservação do meio ambiente. Os animais pela simples condição de seres vivos, detêm certos direitos que lhes são inerentes, assim assegura a Constituição Federal e a Lei de Crimes Ambientais em conjunto com outras legislações esparsas e de abrangências nacionais, estaduais e municipais, e internacionais onde protegem os animais dos mais diversos abusos, maus-tratos e de crimes praticados pelo ser humano. Inicialmente o trabalho aborda a evolução legislativa na proteção dos animais, destaque para análise do dispositivo da Constituição Federal e a Lei Crime Ambientais. Depois apresenta a competência para legislar sobre os direitos dos animais. Em seguida os princípios os quais servem de alicerce e fundamento para a proteção jurídica dos animais, onde visa garantir que os interesses básicos dos animais sejam respeitados, como uma sadia qualidade de vida e um tratamento respeitoso dispensado pelos humanos em relação aos animais. Logo após aponta as normas legais de proteção aos animais no âmbito internacional, com direito comparado. Para concluir, refere as entidades de proteção ativa de direito dos animais.

1. Evolução Legislativa na Proteção dos Animais

O inicio da proteção legalista no Brasil contra a violência aos animais foi o Decreto

Relacionados

  • Animais mais traficados do brasil
    1354 palavras | 6 páginas
  • Classificação e filogenia dos animais
    884 palavras | 4 páginas
  • Direito dos animais
    871 palavras | 4 páginas
  • Monografia direito - trafico de animais silvestres
    8922 palavras | 36 páginas
  • Evolução do direito dos animais na legislação brasileira
    1337 palavras | 6 páginas
  • Cinco sentidos dos animais
    3935 palavras | 16 páginas
  • A caracterização dos animais
    1415 palavras | 6 páginas
  • SISTEMA ENDÓCRINO DOS ANIMAIS
    3540 palavras | 15 páginas
  • Historia do direito
    6911 palavras | 28 páginas