Doutrina Social da Igreja

8018 palavras 33 páginas
DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA
HISTÓRIA E DESAFIOS

Pe. Alfredo J. Gonçalves, CS
Introdução
A expressão Doutrina Social da Igreja (DSI) designa o conjunto de escritos e mensagens – cartas, encíclicas, exortações, pronunciamentos, declarações – que compõem o pensamento do magistério católico a respeito da chamada “questão social”. Mas não basta conhecer os documentos reunidos sob essa denominação. O estudo da DSI coloca-nos diante de uma tarefa bem mais exigente em suas implicações e desafios. Trata-se, no fundo, de recriar para os dias atuais, a dimensão sócio-política da Boa Nova de Jesus Cristo.
Um rápido olhar sobre dois textos bíblicos pode nos dar uma idéia do que significa retomar o estudo da DSI. O primeiro é do evangelista Lucas: Jesus encontra-se recolhido num lugar à parte e, sob a insistência dos discípulos, ensina o Pai-nosso (Lc 11,1-4). No segundo texto, o evangelista Mateus faz um breve resumo das atividades de Jesus (Mt 9,35-38). No primeiro caso, Jesus está na montanha em oração; no segundo, Jesus “percorre as cidades e aldeias”, compadecendo-se das multidões “cansadas e abatidas”. Ou seja, na prática de Jesus montanha e rua não se excluem, mas se complementam, se interpelam e se enriquecem mutuamente. Quanto mais Jesus aprofunda sua intimidade com o Pai, na montanha, mais se desdobra no compromisso com os pobres, pelas ruas. A montanha exige a rua e a rua exige a montanha. Oração e ação social constituem duas dimensões indissociáveis de uma mesma

Relacionados

  • história da Igreja
    16222 palavras | 65 páginas
  • Doutrinas e escolas da contabilidade
    1811 palavras | 8 páginas
  • As 7 igrejas da asia
    6807 palavras | 28 páginas
  • Resumo vida total da igreja
    1714 palavras | 7 páginas
  • DOUTRINA DA IMPUTAÇÃO
    1633 palavras | 7 páginas
  • doutrina da salvação
    9690 palavras | 39 páginas
  • historia da igreja
    7190 palavras | 29 páginas
  • Influência da igreja católica no surgimento do serviço social e surgimento do serviço social
    1000 palavras | 4 páginas
  • RESUMO Estado e Igreja a “universalização” da questão social
    3306 palavras | 14 páginas