E agora josé

1000 palavras 5 páginas
Objetivo:
Interpretar, relacionar e analisar a poesia “E agora, José?”, de Carlos Drummond de Andrade.

1º nível: Observação

Leitura da poesia “E agora, José?”, de Carlos Drummond de Andrade.

“ E agora, José? A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou, e agora, José? e agora, você? você que é sem nome, que zomba dos outros, você que faz versos, que ama, protesta? e agora, José? Está sem mulher, está sem discurso, está sem carinho, já não pode beber, já não pode fumar, cuspir já não pode, a noite esfriou, o dia não veio, o bonde não veio, o riso não veio não veio a utopia e tudo acabou e tudo fugiu e tudo mofou, e agora, José? E agora, José? Sua doce palavra, seu instante de febre, sua gula e jejum, sua biblioteca, sua lavra de ouro, seu terno de vidro, sua incoerência, seu ódio - e agora? Com a chave na mão quer abrir a porta, não existe porta; quer morrer no mar, mas o mar secou; quer ir para Minas, Minas não há mais. José, e

Relacionados

  • Economia Política, José Paulo Netto e Marcelo Braz
    1284 palavras | 6 páginas
  • Estou na universidade e agora?
    4149 palavras | 17 páginas
  • O BRINCAR ANTES E AGORA EM TEMPOS DIGITAIS
    561 palavras | 3 páginas
  • Novas tecnologias e mediação pedagógica. Moran, José Manuel, 2000.
    2099 palavras | 9 páginas
  • A Zona Franca de Manaus e o capitalismo no Brasil José Seréfico e Marcelo Seráfico
    1446 palavras | 6 páginas
  • Lucíola - josé de alencar : prostituição, definição e conceitos.
    2371 palavras | 10 páginas
  • Perguntas e Respostas filme Alexandria(Ágora)
    639 palavras | 3 páginas
  • Biografia : Isabel Vieira e sintese do filme agora mãe
    332 palavras | 2 páginas
  • Os indios nos livros iracema e ubirajara de jose de alencar.
    7594 palavras | 31 páginas