ESTUDO DE CASO – ROGER AGNELLI E A CVRD

1130 palavras 5 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO NA ENGENHARIA
DATA: 16/09/2014

ESTUDO DE CASO – ROGER AGNELLI E A CVRD

1. A privatização da CVRD foi um processo conturbado. Quais os argumentos utilizados a favor e contra a desestatização dessa organização? Pesquise informações complementares.

A CVRD foi privatizada em leilão muito conturbado e diferente pois enquanto da lado de fora havia uma “guerra” pela NÃO privatização da CVRD do lado de dentro se via e ouvia sorrisos de alegria pela venda da empresa. Do lado de fora os protestantes urravam contra a venda com argumentos como corrupção, desigualdade, roubo, o prejuízo para o estado, a tirada da soberania nacional e o argumento de que ela foi levantada com suor e sangue de brasileiros que mesmo durante a guerra tiveram seus impostos investidos no que seria uma das “meninas dos olhos” no que se refere a empresas estatais, ; enquanto do lado de dentro, do lado dos que aprovavam a privatização argumentos surgiam como a melhoria do serviços, abertura de vagas de empregos, a falta da corrupção,a ausência do “apadrinhamento político”, tais argumentos apesar de terem seu peso não foram suficientes para convencer o povo dos benefícios (benefícios para quem?) da privatização, mas, foram suficientes para concretizar o projeto.

2. Dê exemplos de cada uma das habilidades gerenciais que, segundo Katz, Roger Agnelli demonstrou possuir na condição de administrador do BRADESCO e da CVRD.
Roger Agnelli demonstrou,

Relacionados

  • Estudo Caso 1 Vale
    1984 palavras | 8 páginas
  • Estudos de casos de canais de distribuição e franquias
    1573 palavras | 7 páginas
  • Estudo de caso
    1469 palavras | 6 páginas
  • Quanto vale roger agnelli ?
    1558 palavras | 7 páginas
  • Resolução do estudo de caso da CVRD
    1194 palavras | 5 páginas
  • Estudo de caso de empresas de sucesso e insucesso
    2376 palavras | 10 páginas
  • estudo de caso Calyx e Corolla
    1831 palavras | 8 páginas
  • Estudo de Caso Volkswagem e Sádia
    960 palavras | 4 páginas