EXPANSÃO E QUEDA DO IMPÉRIO ROMANO

1626 palavras 7 páginas
Nascimento de Roma
Roma surgiu onde hoje temos a Itália, que é a mais central das penínsulas que adentram o Mar Mediterrâneo, situada entre as Penínsulas Balcânica e Ibérica. Seus primeiros habitantes eram povos autóctones originários da região do Mediterrâneo: gauleses, ao norte; etruscos e latinos, na região central; e gregos (Magna Grécia), ao sul. Roma foi fundada na região do Lácio, cerca de1000 aC., pelos latinos, provavelmente como uma forma de esses se defenderem militarmente contra os ataques do etruscos (povo de origem ignorada, mas que suspeita-se originários da Ásia Menor, apesar de alguns historiadores considerarem que eles eram italianos). Os etruscos eram um dos povos mais importantes da Itália. Aliados aos fenícios de
…exibir mais conteúdo…
O apogeu o Império se deu na Dinastia dos Antoninos (96 – 192 d.C.), quando houve properidade econômica, paz interna, eficiência administrativa e quando o Império teve sua maior extensão territorial. Nessa dinastia tivemos os seguintes imperadores: Nerva, Trajano, Adriano, Antonino Pio, o grande Marco Aurélio, maior e mais brilhante de todos os imperadores, e, ao final, Cômodo, que, por seu mau governo e mau comportamento, reprsenta uma exceção ao brilhantismo dessa dinastia.
Os Antoninos foram sucedidos pela Dinastia dos Severos (193 – 235 d.C.). A dinastia incia-se com a ascenção de Septímio Severo, comandante das legiões do Danúbio. Como seu apoio decorreu da força militar, Septímio Severo desprezou o senado e passou a governar com o apoio do Exército exclusivamente. A Dinastia dos Severos pôs termo no regime do principado, pois o imperador passou a ser um soberano apoiado na burocracia e no exército, tendo o Senado reduzido ao Conselho Municipal de Roma, sem forças para exercer suas funções originais. Nesse período houve grandes dificuldades de ordem econômica, gerando uma crise econômica, que, aliada à degradação política e à crise militar, ocasionada pelas invasões bárbaras, conduziam o império Romano a uma situação crítica que culminaria com sua desintegração total no século V.
Queda do Império Romano
Em 4 de Setembro do ano de 476, com a tomada do poder em Roma por parte de Odoacro, um líder militar

Relacionados

  • Evolução histórica do estado - romano e medieval
    2052 palavras | 9 páginas
  • O processo de desestruturação do imperio romano
    1806 palavras | 8 páginas
  • Conquista de roma e a queda do império romano do ocidente
    1257 palavras | 6 páginas
  • Do império romano ao feudalismo em inglaterra
    1458 palavras | 6 páginas
  • Origem e declinio do imperio carolingio
    3134 palavras | 13 páginas
  • Roma antiga e imperio romano
    1728 palavras | 7 páginas
  • Ascensão e queda 3 grandes imperios
    793 palavras | 4 páginas
  • TRABALHO IMPERIO ROMANO
    11288 palavras | 46 páginas
  • Sociologia - platão, aristóteles, o imperio romano, renascimento, a origem do estado
    1615 palavras | 7 páginas
  • Império Romano
    4224 palavras | 17 páginas