Economia colonial: Cana e trabalho escravo sustentaram o Brasil colôni

941 palavras 4 páginas
Na segunda metade do século 16, começaram a ficar evidentes os interesses e os objetivos de Portugal nas terras brasileiras.

As relações econômicas que vigoravam entre as nações europeias baseavam-se no mercantilismo, cuja base eram o comércio internacional e a adoção de políticas econômicas protecionistas.

Cada nação procurava produzir e vender para o mercado consumidor internacional uma maior quantidade de produtos manufaturados, impondo pesadas taxas de impostos aos produtos importados. Asseguravam, desse modo, a manutenção de uma balança comercial favorável.

As nações que possuíam colônias de exploração levavam maiores vantagens no comércio internacional. A principal função dessas colônias era fornecer matérias-primas e riquezas minerais para as nações colonizadoras - ou seja, para as metrópoles. Ao mesmo tempo, serviam de mercado consumidor para seus produtos manufaturados. Havia uma imposição de exclusividade, ou monopólio, do comércio da colônia para com a metrópole, que foi chamada de pacto colonial.

Pacto colonial

O pacto colonial pode ser entendido como uma relação de dependência econômica que beneficiava as metrópoles. Ao participarem do comércio como fornecedoras de produtos primários (baratos) e consumidoras dos produtos manufaturados (caros), as colônias dinamizavam as economias das metrópoles propiciando-lhes acúmulo de riquezas.

Portugal procurou criar as condições para o Brasil se enquadrar no pacto colonial. Os portugueses concentraram

Relacionados

  • A questão do trabalho no brasil
    3833 palavras | 16 páginas
  • O trabalho na américa latina colonial
    3471 palavras | 14 páginas
  • Evolução Histórica do Trabalho Escravo
    2192 palavras | 9 páginas
  • Trabalho escravo no brasil
    1550 palavras | 7 páginas
  • O brasil no período colonial: política,economia e sociedade
    2269 palavras | 10 páginas
  • Organização político-administrativa na América portuguesa, A economia na América portuguesa e o Brasil holandês e A mineração no Brasil colonial
    2483 palavras | 10 páginas
  • Ocupação territorial e o papel da escravidao no período colonial
    1756 palavras | 8 páginas
  • PERIODO COLONIAL E IMPERIAL NO BRASIL
    2430 palavras | 10 páginas
  • O mercado de trabalho e mercado interno no brasil colônia
    2797 palavras | 12 páginas
  • A colonização do brasil - período pré-colonial, capitanias hereditárias, governo geral e indústria canavieira
    1458 palavras | 6 páginas