Editor de texto di Linux e comandos

1053 palavras 5 páginas
Um pouco do VI
O programa foi criado por Bill Joy em 1976 para o BSD. O nome VI é uma forma abreviada para visual. Em 1991 foi lançado o editor vim, uma derivação melhorada do vi (o nome vim é abreviação para Vi IMproved, ou Vi Melhorado). O editor VI é um editor de texto em tela cheia, portanto, você pode visualizar várias linhas ao mesmo tempo. A maioria dos sistemas UNIX, inclusive o Linux, vem com o VI. Portanto, se você conhecer as características básicas do VI, poderá editar arquivos de texto em quase todos os sistemas baseados em Linux.
Quando o VI edita um arquivo, ele lê este arquivo em um buffer – um bloco de memória – portanto, você pode alterar o texto no buffer. O editor VI também utiliza arquivos temporários durante a edição, mas o arquivo original não é alterado até que você salve as alterações.
Como é pequeno e leve, pode ser colocado dentro de disquete ou pen drive para ser utilizado em manutenção ou mesmo usado em situações em que há pouco recurso computacional. Ao utilizar o VI, você trabalha com um entre três modos:
Modo de comando Visual é o padrão. Neste modo, tudo o que você digita é interpretado como um comando, que se aplica à linha onde está o cursor. Os comandos VI são similares aos comandos do ED.
Modo de comando com dois pontos serve para ler ou gravar arquivos, configurar opções do VI, e para sair do editor VI. Todos os comandos começam com dois pontos (:). Ao digitar os dois pontos, o VI posiciona o cursor na última linha e espera que

Relacionados

  • exercicio comandos basicos linux
    1219 palavras | 5 páginas
  • Gerenciamento de entrada e saída em sistemas operacionais linux
    2156 palavras | 9 páginas
  • editores de texto
    1419 palavras | 6 páginas
  • Diretivas De Grupos Linux
    4439 palavras | 18 páginas
  • Vantagens e Desvantagens do Linux
    1448 palavras | 6 páginas
  • 55471161 78 Questoes De LINUX
    9211 palavras | 37 páginas
  • Relatorio de Instalação de Sistema Operacional Linux e Windows
    832 palavras | 4 páginas
  • Conceito de circuito de comando e controlo
    2640 palavras | 11 páginas
  • Comandos ms-dos (prompt de comando)
    2318 palavras | 10 páginas
  • Comandos básicos Linux
    870 palavras | 4 páginas