Efeito das drogas no cognitivo

937 palavras 4 páginas
Efeito das drogas no cognitivo

O consumo crónico de estupefacientes, mesmo de drogas leves, provoca alterações permanentes de personalidade e deterioração das funções cognitivas, segundo estudos desenvolvidos na Universidade da Beira Interior (UBI).
A equipe, liderada pelo professor de Neuropsicológico Luís
Maia, constatou que consumidores crónicos de drogas manifestam alterações de personalidade que os tornam mais irresponsáveis, mais irritáveis, impulsivos, egocêntricos e com tendência para cometer atos ilícitos, violência familiar e comportamentos de risco. No que diz respeito às funções básicas da mente, como a memória, atenção, concentração, os dados são ainda preliminares, mas remetem para um "forte indicador de prejuízo funcional nas capacidades intelectuais de toxicodependentes crónicos".

No entanto, a deterioração cognitiva pode ser evidenciada logo numa fase inicial de consumo, principalmente se o tipo de substâncias estiver dentro da classe das psicodislépticas, ou seja, “capazes de produzir processos psíquicos como a desrealização, despersonalização, problemas de memória e atenção ou concentração, delírios e alucinações, entre outras". Estão dentro desta classe o MDMA, vulgo ecstasy, o
LSD, a heroína e a cocaína.

• Os consumidores crónicos de bebidas alcoólicas

apresentam alterações marcadas das funções cognitivas, desenvolvendo, por exemplo, doenças como demência alcoólica, que impede a pessoa de ter qualquer nova memória de qualquer novo evento. • As

Relacionados

  • Efeitos das drogas
    3160 palavras | 13 páginas
  • A ORIGEM DAS DROGAS NO BRASIL
    1358 palavras | 6 páginas
  • Drogas e Sociedade: Seus efeitos
    1108 palavras | 5 páginas
  • A Droga da Obediência
    3829 palavras | 16 páginas
  • DROGAS DE ABUSO: FARMACOLOGIA DAS SUBSTÂNCIAS E SEUS EFEITOS NO ORGANISMO
    2816 palavras | 12 páginas
  • Trafico de Drogas Legalização das Drogas no Brasil
    1376 palavras | 6 páginas
  • efeito total da droga
    2723 palavras | 11 páginas
  • A quimica das drogas
    1980 palavras | 8 páginas
  • O perigo das drogas
    896 palavras | 4 páginas