Emília ferreiro

1774 palavras 8 páginas
-------------------------------------------------
Emília Ferreiro
-------------------------------------------------

-------------------------------------------------
O processo da construção da escrita

* BIOGRAFIA:

Emília Beatriz María Ferreiro Schavi
Nasceu em 1937 na Arge Emília Beatriz María Ferreiro Schavi ntina.
Formou-se em psicologia pelaUniversidade de Buenos Aires
Estudou na Universidade de Genebra, onde trabalha como pesquisadora-assistente de Jean Piaget
Em 1971 retorna a Buenos Aires, forma um grupo de pesquisa sobre alfabetização
Em 1982 publica Margarita Gómez Palacio o livro Nuevas perspectivas sobre los procesos de lectura y escrita, resultado de pesquisa com mais de mil crianças em que distingue oito
…exibir mais conteúdo…
Há, neste momento, um conflito entre a hipótese silábica e a quantidade mínima de letras exigida para que a escrita possa ser lida.A criança, neste nível, trabalhando com a hipótese silábica, precisa usar duas formas gráficas para escrever palavras com duas sílabas, o que vai de encontro às suas idéias iniciais de que são necessários, pelo menos três caracteres. Este conflito a faz caminhar para outra fase.

· Escrita silábico alfabético (nível4): Ocorre, então a transição da hipótese silábica para a alfabética. O conflito que se estabeleceu - entre uma exigência interna da própria criança ( o número mínimo de grafias ) e a realidade das formas que o meio lhe oferece, faz com que ela procure soluções.Ela, então, começa a perceber que escrever é representar progressivamente as partes sonoras das palavras, ainda que não o faça corretamente.

· Escrita alfabética (nível 5): finalmente, é atingido o estágio da escrita alfabética, pela compreensão de que a cada um dos caracteres da escrita corresponde valores menores que a sílaba, e que uma palavra, se tiver duas sílabas, exigindo, portanto, dois movimentos para ser pronunciada, necessitará mais do que duas letras para ser escrita e a existência de uma regra produtiva que lhes permite, a partir desses elementos simples, formar a representação de inúmeras sílabas, mesmo aquelas sobre as quais não se tenham exercitado.

Relacionados

  • Resenha livro emilia ferreiro
    876 palavras | 4 páginas
  • Considerações sobre emilia ferreiro
    3531 palavras | 15 páginas
  • Resenha do livro Construtivismo de Jean Piaget e Emilia Ferreiro
    1623 palavras | 7 páginas
  • Hipóteses de alfabetização segundo emilia ferreiro e ana teberosky
    940 palavras | 4 páginas
  • A importância da leitura da educação infantil segundo emilia ferreiro
    1926 palavras | 8 páginas
  • Alfabetização e letramento na visão de emília ferreiro
    937 palavras | 4 páginas
  • O aprendizado da linguagem oral e escrita na visão de emília ferreiro, ds crianças em uma escola no município de manaus
    3192 palavras | 13 páginas
  • A psicogenese da lingua escrita
    2548 palavras | 11 páginas
  • Alfabetização e letramento
    1553 palavras | 7 páginas
  • Projeto de tcc - dificuldades de leitura e escrita
    1266 palavras | 6 páginas