Emergência de nova prática profissional no contexto de efervescência do populismo (1961-1964).

1119 palavras 5 páginas
EMERGÊNCIA DE NOVA PRÁTICA PROFISSIONAL NO CONTEXTO DE EFERVESCÊNCIA DO POPULISMO (1961-1964). É nesse período que se inicia o desenvolvimento, no Brasil no contexto de uma perspectiva crítica do Serviço Social tradicional, quando setores da categoria profissional dos assistentes sociais esboçam algumas tentativas de novas experiências de vinculação da ação profissional aos processos e lutas por mudanças.

Esses profissionais são impulsionados por uma agitação política que ganha força no Brasil em toda a América Latina. Perante a crise do modelo desenvolvimentista.

Neste período, João Goulart assume a presidência após a renúncia de Janio Quadros, tenta promover mediante uma política populista o nacionalismo desenvolvimentista, contrapondo-se ao processo de internacionalização da economia brasileira e abrindo espaços para os processos de mobilização e lutas a favor das mudanças de base, no contexto de um processo de ampla luta política.

Goulart impõe uma série de restrições aos investimentos multinacionais, com severa política de controle de remessa de lucros (royalties, transferência de tecnologia, legislação antitruste, negociação para nacionalização de corporações estrangeiras), adoção de uma política nacionalistas de apoio e concessão de subsídios diretos ao capital privado nacional.

Engajamento e apoio de amplos setores sociais nas lutas pelas reformas estruturais e reformas de base, com especial atenção para uma política externa independente. Esse

Relacionados

  • PORTFÓLIO DE PESQUISA E PRÁTICA PROFISSIONAL – MATERIAIS DIDÁTICOS
    3876 palavras | 16 páginas
  • UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: O PERFIL PROFISSIONAL DA EQUIPE DE ENFERMAGEM ATUANTE EM UM HOSPITAL DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
    5297 palavras | 22 páginas
  • Resenha: A formação do profissional de Geografia
    1468 palavras | 6 páginas
  • RESENHA DO TEXTO A sociedade de massas: os populismos Norberto Ferreras
    1331 palavras | 6 páginas
  • Práticas pedagogicas no contexto da sala de aula
    3444 palavras | 14 páginas
  • A intervenção do psicologo em contextos de educação
    7998 palavras | 32 páginas
  • Palestra: o supervisor de ensino na sua prática profissional
    798 palavras | 4 páginas
  • O enfermeiro diante dos dilemas éticos em unidade de emergência.
    5108 palavras | 21 páginas
  • Relatorio de pratica profissional
    5148 palavras | 21 páginas