Ensaio Sociologia do Conhecimento

4719 palavras 19 páginas
Sociologia do Conhecimento
Ensaio Critico

Docentes:

Professor Sérgio Grácio
Professor Nuno Dias

Ano Lectivo 2012/2013

Discente:
David Alves Nº38024 - Turma A
David Gonçalves Nº38665 - Turma A
José Carvalho Nº37555 - Turma A
Liliana Raposo Nº37568 - Turma A
Maria Costa Nº38107 - Turma A

Índice
Introdução……………………………………………………………………………2
Mannheim – Ideologia e Utopia…………………………………………………….3
Mannheim vs. Marx…………………………………………………………………7
Conclusão……………………………………………………………………………13
Bibliografia………………………………………………………………………….14

1

Introdução
Neste texto, em forma de ensaio crítico, iremos abordar um dos temas constantes do programa da disciplina Sociologia do Conhecimento – as ideologias. Para tal, iremos mobilizar dois famosos autores, também eles constantes do programa, por um lado
Marx, por outro Mannheim.
Tanto Marx, em sua obra, “Ideologia Alemã” (1846), como Mannheim em
“Ideologia e Utopia” (1929), focam claramente o assunto aqui explorado, assumindo-se, assim, perante nós, a possibilidade de explorar e analisar suas convergências e suas divergências. Mannheim (1893 – 1947) é um dos nomes mais conceituados da sociologia, particularmente da Sociologia do Conhecimento. De nacionalidade húngara, realizou os seus estudos em Berlim e Paris. Foi professor em Frankfurt e em Londres.
Marx (1818 – 1883) foi um pensador e revolucionário alemão. Suas obras tiveram impacto em diversas áreas, como a filosofia, sociologia, política, economia,
história.

Relacionados

  • Resenha Crítica: Ensaio Acerca do Entendimento Humano
    1157 palavras | 5 páginas
  • Sociedade do Conhecimento
    1099 palavras | 5 páginas
  • Gestão do conhecimento - Bradesco
    1043 palavras | 5 páginas
  • gestão do conhecimento
    2632 palavras | 11 páginas
  • Relatório Ensaio do cavaco
    1106 palavras | 5 páginas
  • Gestão do conhecimento
    1233 palavras | 5 páginas
  • Fichamento Sociologia do direito
    1882 palavras | 8 páginas