Escolas sociologicas

946 palavras 4 páginas
Introdução

A Sociologia tem uma natureza cientifica, por isso usa um método baseado na observação controlada e na indução lógica. Os procedimentos devem explicar o desconhecido, assim, o passado deve explicar o presente. E é isso que as Escolas Sociológicas tentam apresentar com seus pensadores e em suas teorias. Este trabalho trata de um resumo das principais escolas sociológicas, para referência durante o estudo dos temas abordados na disciplina. A metodologia utilizada para o resumo foi escolher os principais pensadores de cada Escola e mostrar suas principais obras e contribuições para a Escola Sociológica, assim para a Sociologia.

ESCOLAS SOCIOLÓGICAS
…exibir mais conteúdo…

Jean-Baptiste Colbert(1619-1683)

Foi um político francês que ficou conhecido como ministro de Estado e da economia do rei Luís XIV. Era filho de Nicolas Colbert, um comerciante de tecidos de Reims, e Marie Pussort. Apesar de sua família dizer descender de nobres escoceses, não há nenhuma prova disto, e a invenção de antepassados nobres era uma pratica comum aos plebeus. Entrou em 1633 na prestigiada escola de Jesuítas do Collège de Clermont, onde completou a sua formação acadêmica em 1639. Em 1645, foi recomendado a Michel Le Tellier, seu cunhado, que trabalhava como Secretario de Estado de guerra, este o contratou, primeiro como secretário privado e logo conseguiu que o nomeassem conselheiro do rei em 1649.

Em 1661, o rei fez de Colbert ministro de Estado e, em1664, atribui-lhe o cargo de superintendente das construções, artes e manufaturas e ainda o de intendente das Finanças. Colbert tornou-se controlador geral das Finanças (1665), de onde viriam ainda a desempenhar as funções de secretário de Estado na Marinha e na Casa Real (1669). Como ministro de Luís XIV, Colbert quis tornar a França a nação mais rica da Europa, e para isso implantou o mercantilismo industrial, incentivando a produção de manufaturas de luxo visando a exportação. Antes de sua morte em Paris, dia 6 de Setembro de 1683, ele se tornou odiado pelos seus compatriotas por ter aumentado os impostos para conseguir pagar todas as despesas de guerra despreocupadas feitas pelo Rei

Relacionados

  • Sociedade da Informação
    5766 palavras | 24 páginas
  • A importância do legado de florestan fernandes
    5249 palavras | 21 páginas
  • Análise Sociológica do Fenômeno Educacional.
    680 palavras | 3 páginas
  • Estudo Dirigido Sociologia
    1334 palavras | 6 páginas
  • Prática profissional supervisionada
    1759 palavras | 8 páginas
  • Escola jusnaturalista
    1887 palavras | 8 páginas
  • Resenha crítica do livro - como aplicar o direito de herkenhoff
    1160 palavras | 5 páginas
  • A teoria clássica e a antítese keynesiana do pleno emprego
    2573 palavras | 11 páginas
  • Resenha como aplicar o direito
    940 palavras | 4 páginas