Estrutura hibrida

1304 palavras 6 páginas
Estruturas Hibridas.
Desde os anos 1990, a aceleração dos processos de mudança organizacional (KANTER, STEIN E JICK, 1992; WILSON, 1992), o crescimento dos processos de fusão e aquisição (Gregoriou e Renneboog , 2007; Marks e Mirvis, 1998; The Econom ist, 1999a; The Econom ist, 1999b; Vasconcelos, Caldas e Wood,
2003), e os processos de privatização, especialmente nos países emergentes (Ramamurti, 2000), fizeram surgir o que se poderia denominar organizações híbridas, um novo “tipo ideal” (veja Lamme rs, 1988). No Brasil, diversos casos recentes podem ter gerado organizações híbridas, tais como a aquisição do ABN-Real pelo Santander, a fusão entre o Itaú e o Unibanco, o surgimento da Fibria, resultado da união entre a Aracruz Celulose e a Votorantim Celulose e Papel, e a criação da Brazil Foods, resultado da união entre a Sadia e a Perdigão.
Neste ensaio, procura-se apresentar as organizações híbridas como configurações resultantes de processos de mudança e que conservam, por muito tempo, no mesmo locus organizacional, características estratégicas, organizacionais e culturais distintas, originárias das matrizes que a constituíram, e que podem ser, eventualmente, antagônicas.

TEORIA: REVISÃO DA LITERATURA ATUAL

Nas últimas décadas, os termos ‘híbrido’ e ‘hibridismo’, cuja origem ocorreu na biologia, foram apropriados pelos campos da sociologia e dos estudos culturais, sendo o hibridismo associado a uma qualidade, um estado ou uma condição existencial (veja Bhabha,

Relacionados

  • Estrutura de concreto armado
    15774 palavras | 64 páginas
  • Culturas híbridas
    1458 palavras | 6 páginas
  • Estrutura Organizacional Panasonic
    6250 palavras | 25 páginas
  • Estrutura
    1164 palavras | 5 páginas
  • Estruturas
    1415 palavras | 6 páginas
  • Estruturas organizacionais
    1617 palavras | 7 páginas
  • Estruturas
    12483 palavras | 50 páginas
  • Estruturas metalicas
    961 palavras | 4 páginas
  • Estruturas
    1976 palavras | 8 páginas
  • linguagem hibrida
    1804 palavras | 8 páginas