Estudo clinico Broncopneumonia

8188 palavras 33 páginas
Introdução
A pediatria é uma especialidade que presta assistência à criança e ao adolescente, nas vertentes preventiva e curativa. Nasceu na necessidade de combater a mortalidade e morbilidade infantis, diferenciando os cuidados de saúde específicos do crescimento e desenvolvimento da criança. A pediatria é hoje uma garantia da prevenção da doença e do tratamento precoce das patologias infantis, a qualidade de vida e um saudável processo de desenvolvimento da criança são atualmente as suas principais metas.
O seguinte trabalho está inserido na unidade curricular - Ensino Clínico II módulo de Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica, este decorreu na Unidade Local de Saúde do Nordeste – Hospital de Bragança no Serviço de
…exibir mais conteúdo…
A broncopneumonia tende atingir os dois extremos da vida, a infância e a velhice. Na infância há poucos contatos com microrganismos patogênicos, na velhice sistema imunológico está debilitado. Em artigos publicados relatam que a broncopneumonia ou bronquite, ambas na infância eram fatores associados em mais da metade dos casos de bronquiectasias.
O broncoespasmo é caracterizado como uma contração reversível de vias aéreas
(brônquios e bronquíolos), que promove um estreitamento dificultando a passagem do ar em maior ou menor grau, produzindo ruídos chamados sibilos. Manifestações clinicas como dispneia, cianose, batimento asa do nariz, retrações advêm do broncoespasmo. O mecanismo do broncoespasmo esta presente em grande número de patologias que atacam o sistema respiratório, sendo desencadeado por vários fatores. As crianças com antecedentes familiares de asma e outras manifestações alérgicas, tem possibilidade de continuar sofrendo broncoespasmo na infância.

1.2 - Sintomas Frequentes
No conjunto de sintomas, prevalece a febre, dispneia, tosse, expetoração, sibilos, taquicardia e dor torácica. A febre resulta como resposta do organismo à infeção. A dispneia pode-se traduzir em “falta de ar” ou dificuldade respiratória. Os indivíduos que sintam disfunção pulmonar, tal como falta de ar, tendem a perceber que a sua doença vai causar impacto na realização de atividades de vida diária. A dispneia pode causar
outros

Relacionados

  • ESTUDO DE CASO: PACIENTE COM ACIDENTE VASCULAR HEMORRÁGICO (AVCH)
    5921 palavras | 24 páginas
  • Sindrome da angustia respiratória
    4489 palavras | 18 páginas
  • ESTUDOS DE CASO PARA PROVA PRATICA 3
    2014 palavras | 9 páginas
  • Tcc veterinaria
    15486 palavras | 62 páginas
  • Estudo de Caso: Semiotécnica e Conhecimentos e Métodos do Cuidar em Enfermagem
    2001 palavras | 8 páginas
  • Estudo de caso hemorragia digestiva alta broncopneumonia e ascite
    9750 palavras | 39 páginas
  • Assitência de enfermagem ao portador de coqueluche
    3113 palavras | 13 páginas
  • Estudo de caso sobre pancreatite aguda
    3957 palavras | 16 páginas
  • Sindromes geneticas
    6408 palavras | 26 páginas