Estudo de caso FBI

370 palavras 2 páginas
ESTUDO DE CASO

FBI

1ª Questão

O FBI precisava de um sistema para poder compartilhar informações, para que pudessem apurar as atividades terroristas, afim de prevenir catástrofes e combater a criminalidade. Entretanto, os sistemas de registro e arquivo ineficientes criaram empecilhos ao dividir e repassar informações, o que pode ter contribuído e muito para não detectar o plano de seqüestro da Al Qaeda.

2ª Questão
O FBI não soube detectar corretamente os problemas que estavam ocorrendo na sua corporação. Os equipamentos antiquados, além de todas as barreiras comunicacionais tornavam tudo mais complicado. O compartilhamento de informações era prejudicado com isso, o acesso aos documentos por parte dos agentes era burocrático, a visualização dos arquivos contidos nos bancos de dados não podiam ser feitas simultaneamente pelos agentes, sem contar que os relatórios internos tinham de ser impressos, assinados e digitalizados, ou seja, praticamente nada era feito para facilitar e otimizar o trabalho dos agentes e investigadores.

3ª Questão
A solução levantada pela administração do FBI foi atualizar todo o sistema de informação. O Congresso norte-americano destinou 379 milhões de dólares para esse projeto que contaria com muitas novidades e facilitaria o compartilhamento de informações e o acesso a ela. Baseada nessa idéia a solução parecia adequada, mas na prática não foi isso que ocorreu de fato.

4ª Questão

O FBI não implementou de maneira correta o sistema.

Relacionados

  • Estudo de caso quintessencia
    1839 palavras | 8 páginas
  • ESTUDO DE CASO ASMA
    2878 palavras | 12 páginas
  • Caso sears estudo de caso
    866 palavras | 4 páginas
  • ESTUDO DE CASO NATURA
    1745 palavras | 8 páginas
  • Estudo de caso
    1821 palavras | 8 páginas
  • Estudo de caso
    980 palavras | 4 páginas
  • Estudo de caso
    4214 palavras | 17 páginas
  • Estudo de caso Dudalina
    1050 palavras | 5 páginas