Etica - a crise dos valores na modernidade

1366 palavras 6 páginas
ÉTICA E TRABALHO

A CRISE DOS VALORES NA MODERNIDADE
___________________
O CONHECIMENTO

O pressuposto básico que orienta a consciência moral e, portanto, o exercício da liberdade é o conhecimento. Com isso queremos dizer que o homem ignorante, dotado de uma consciência ingênua, imediatista e simples age determinado por necessidades particulares. Ele não problematiza, não põe em questão a realidade a sua volta. Logo, não exercita sua liberdade de escolha, de decisão.

O termo ignorância é aqui usado para indicar ausência de conhecimento, falta de informações, de dados que permitam ao indivíduo tomas uma posição coerente com a situação com a qual se depara.

Mas é importante saber que, se por um lado somos seres determinados
…exibir mais conteúdo…
Essa desculpa não é moralmente aceitável, uma vez que ele poderia e deveria, como é obrigação moral de quem vai fazer uma viagem rodoviária à noite providenciar a revisão dos faróis de seu carro. Nesse caso, o motorista podia e devia não ignorar.

__________________________
A RECUSA DA VIOLÊNCIA

Um outro princípio que fundamenta uma ordem ética ( conforme o bem comum, a justiça, a verdade) é o da recusa da violência. Essa é a segunda condição para

Relacionados

  • Violências e dilemas do controle social nas sociedades da "modernidade tardia"
    801 palavras | 4 páginas
  • As grandes conferências dos anos 90 – “valores proclamados” e “valores reais” na política educacional brasileira
    939 palavras | 4 páginas
  • A postura Ética do Advogado na sociedade
    1304 palavras | 6 páginas
  • Metafísica na modernidade
    1958 palavras | 8 páginas
  • A regulação bancária e a ação dos bancos centrais na crise financeira
    18783 palavras | 76 páginas
  • DEFINA O CONcEITO DE ÉTICA na produção do conhecimento
    450 palavras | 2 páginas
  • A importância dos valores humanos na sociedade atual
    747 palavras | 4 páginas
  • A crise do socialismo real na urss
    3757 palavras | 16 páginas
  • Resenha - a construção do eu na modernidade
    1476 palavras | 6 páginas