Evolução e Adaptação das espécies

2886 palavras 12 páginas
Transformação de ambiente pelo ser humano
Tudo o que está ao nosso redor advém da natureza. Ela é a condição fundamental para a sobrevivência humana, desde seu estágio natural até a sua transformação executada pela ação humana, a chamada segunda natureza.
Todas as modificações ocorridas na natureza são realizadas a partir do trabalho humano, criando assim relações de interdependência social: homem x homem e homem x natureza.
As relações sociais confrontam a convivência humana, pois o homem, como um ser social, necessita do outro, porque na sociedade cada indivíduo cumpre uma função, por mais simples que ela seja.
Já a relação homem-natureza é realizada em razão da dependência humana dos recursos que a natureza oferece, para que, com a
…exibir mais conteúdo…

Este mesmo argumento encontra um problema ao lidar com adaptações mais complexas, que estão adaptadas ao ambiente em muitos aspectos independentes. Para tais adaptações, a visão “gradualista” é uma alternativa: Darwin dizia que essas características de maior complexidade na verdade surgiam por meio de muitos passos pequenos durante a evolução e essas pequenas mudanças seriam semelhantes às mudanças que ocorriam nas adaptações simples. Caso a evolução dessas adaptações complexas não fosse gradual, seria necessário um processo abrupto, em único passo, para gerá-las. Dessa forma, um órgão complexo adaptado a uma determinada situação, teria evoluído em pequenos passos, isto é, com estágios intermediários, sendo que todos foram vantajosos para a característica em questão.

Sapo camuflado em meio à folhas secas.
Coadaptações
Coadaptação significa que ocorreu uma adaptação recíproca (mútua) entre dois fatores, que podem ser representados por dois genótipos, duas espécies ou duas partes de um determinado organismo. Um exemplo, para o entendimento desse conceito, é a coadaptação entre a espécie de formiga Formica fusca e a larva da borboleta da espécie Glaucopsyche lygdamus. As lagartas dessa espécie possuem órgãos especializados na produção de um líquido adocicado que, ao que tudo indica, parece ter sido desenvolvido para alimentar a formiga em troca de proteção contra parasitas (vespas e moscas), como

Relacionados

  • Evidências da evolução
    1218 palavras | 5 páginas
  • Fosseis, Evidencias da Evolução
    1446 palavras | 6 páginas
  • Quero so ver um outro trabalho
    1971 palavras | 8 páginas
  • Trabalho teste
    1321 palavras | 6 páginas
  • A adaptações dos seres vivos
    1765 palavras | 8 páginas
  • Evolução Biologica
    4282 palavras | 18 páginas
  • Teorias de evolução das espécies
    1591 palavras | 7 páginas
  • Neodarwinismo- deriva genetica
    1359 palavras | 6 páginas
  • Diversidade dos seres vivos
    1752 palavras | 8 páginas
  • Evidencias evolutivas
    1822 palavras | 8 páginas