Ex-presidiário no mercado de trabalho

4249 palavras 17 páginas
A luta de ex-presidiários que tentam voltar ao mercado de trabalho
A maior dificuldade para quem está preso é conseguir uma oportunidade no mercado de trabalho, o preconceito impede o egresso de voltar à convivência social. Com o programa de Reintegração Social, as esperanças e oportunidades voltam a aparecer.
O programa de Reintegração Social de egresso prisional responde a uma determinação da lei de execução penal, e o estado é o responsável por cumprir essa função. Esse processo surgiu em 2004 e, atualmente, existe em 11 municípios.
Na unidade que fica em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte grupos se reúnem para participar de cursos, dinâmicas e discussões em torno dos problemas que atingem quem está saindo do
…exibir mais conteúdo…
A Funap desenvolve programas visando á contratação de presidiários por empresas e entidades, mas o trabalho com egressos e familiares de presos é inédito.
A expectativa da fundação é de que o projeto no município sirva de piloto para outras cidades do Estado, a expectativa é de que, com o “empurrãozinho” da prefeitura, essa mão-de-obra seja mais facilmente absorvida pelo mercado de trabalho privado.
A falta de opções de trabalho para o ex-presidiário é a principal causa da volta ao crime.
“Vamos garantir a elas uma oportunidade de recomeço.”
Incluir as famílias de presos porque afirmou acreditar que elas também estão em situação de risco.
“Quando uma pessoa vai presa, a família corre o risco de desestruturar-se.”
A seleção dos contratados foi feita pelo setor social da administração municipal.
B-) Gastos
De acordo com, os gastos com a mão-de-obra estão previstos no orçamento destinado ao Projeto Cidade Super limpa. Haverá ainda a receita gerada pela atividade dos ex-presidiários, uma vez que a limpeza de terrenos particulares rende 3,50 reais por metro quadrado ao Poder Executivo Municipal.
Os problemas de uma Justiça morosa, arcaica em conjunto com uma situação precária para quem foi presidiário e a baixa formação educacional resultam nestes números tenebrosos, acerca da população carcerária brasileira.
Cortar este círculo vicioso do mundo do crime é fundamental para ex-detentos e,

Relacionados

  • A violência estrutural
    3550 palavras | 15 páginas
  • Pre projeto / ressocialização do preso em vista do mercado de trabalho
    793 palavras | 4 páginas
  • O sistema prisional: reinserção do preso na sociedade brasileira
    1955 palavras | 8 páginas
  • Sistema carcerário brasileiro
    3349 palavras | 14 páginas
  • Ética e mídia
    1712 palavras | 7 páginas
  • Sistema penitenciário brasileiro: suas falhas e a reincidência
    4140 palavras | 17 páginas
  • A religião em presídios
    3250 palavras | 13 páginas
  • A interdisciplinaridade do direito, serviço social e da psicologia no ambito da defensoria pública
    3853 palavras | 16 páginas
  • Pressupostos Execução Penal
    4376 palavras | 18 páginas
  • A privatização do sistema prisional
    15528 palavras | 63 páginas