Expressões a evitar e expressões de uso recomendável

912 palavras 4 páginas
Expressões a Evitar e Expressões de
Uso Recomendável A linguagem dos textos oficiais deve sempre pautar-se pelo padrão culto formal da língua. Não é aceitável, portanto, que desses textos constem coloquialismos ou expressões de uso restrito a determinados grupos, que comprometeriam sua própria compreensão pelo público.
Quanto a determinadas expressões que devem ser evitadas, mencionem-se aquelas que formam cacófatos, ou seja, “o encontro de sílabas em que a malícia descobre um novo termo com sentido torpe ou ridículo”.
A seguir há uma lista de expressões cujo uso ou repetição deve ser evitado, indicando com que sentido devem ser empregadas e sugerindo alternativas vocabulares a palavras que costumam constar com excesso dos expedientes oficiais. À Medida Que / Na Medida Em Que
À medida que (locução proporcional) – à proporção que, ao passo que, conforme: Os preços deveriam diminuir à medida que diminui a procura.
Na medida em que (locução causal) – pelo fato de que, uma vez que: Na medida em que se esgotaram as possibilidades de negociação, o projeto foi integralmente vetado.
Evite os cruzamentos – bisonhos, canhestros – *à medida em que, *na medida que... A Partir De
A partir de deve ser empregado preferencialmente no sentido temporal: A cobrança do imposto entra em vigor a partir do início do próximo ano.
Evite repeti-la com o sentido de ‘com base em’, preferindo considerando, tomando-se por base, fundando-se em, baseando-se em.
Assim
Use após a

Relacionados

  • Como redigir uma petição inicial
    1386 palavras | 6 páginas
  • Apostila de Ingles
    7012 palavras | 28 páginas
  • Modelo de trabalho academico
    8350 palavras | 34 páginas
  • Informações sobre como elaborar um parecer administrativo
    5329 palavras | 22 páginas
  • Manual e radiojornalismo
    2411 palavras | 10 páginas
  • Métodos Redação
    15869 palavras | 64 páginas
  • estudante
    2843 palavras | 12 páginas
  • Compressão Pura
    3417 palavras | 14 páginas
  • Manual para elaboração e normatização de trabalhos acadêmicos
    16912 palavras | 68 páginas
  • A importância da lígua portuguesa para o profissional de Secretariado Executivo
    4758 palavras | 20 páginas