Física 2 - hidrostática

988 palavras 4 páginas
I. INTRODUÇÃO TEÓRICA * EMPUXO
O empuxo é a existência da ação de várias forças sobre um corpo mergulhado em um determinado líquido. Cada força tem um módulo diferente, e a resultante delas não é nula. A resultante de todas essas forças está dirigida para cima e é exatamente esta resultante que representa a ação do empuxo sobre o corpo. Ou seja, denomina-se empuxo a força vertical, dirigida para cima, que qualquer líquido exerce sobre um corpo nele mergulhado.
Foi o filósofo, matemático, físico, engenheiro, inventor e astrônomo grego Arquimedes (287 a.C. - 212a.C.) quem descobriu como calcular o empuxo.
Arquimedes descobriu que todo o corpo imerso em um fluido em equilíbrio, dentro de um campo gravitacional, fica sob a ação de uma força vertical, com sentido oposto a este campo, aplicada pelo fluido, cuja intensidade é igual a intensidade do Peso do fluido que é ocupado pelo corpo.

Figura 01- Esquema forças em equilíbrio

Figura 01- Esquema forças E>P Figura 03 – Esquema de forças E densidade do fluido: o corpo afunda
Densidade do corpo= densidade do fluido: o corpo fica em equilíbrio com o fluido
Densidade do corpo < densidade do fluido: o corpo flutua na superfície do fluido

II. OBJETIVO
O experimento tem como objetivo, determinar o empuxo sofrido por um corpo imerso em um líquido aplicando o princípio de Arquimedes.

III. MATERIAL UTILIZADO

Relacionados

  • Física 2 - Hidrostática Resoluções
    1499 palavras | 7 páginas
  • Hidrostática
    2120 palavras | 9 páginas
  • fluidos1
    2517 palavras | 11 páginas
  • Hidrodinamica e hidrostatica
    1655 palavras | 7 páginas
  • Trabalho de APS Fonte de Heron
    1365 palavras | 6 páginas
  • Estudo de Caso - Fisioterapia Aquática
    5046 palavras | 21 páginas
  • Lei de steven
    2281 palavras | 10 páginas
  • O PRINCIPIO DE PASCAL, UTILIZANDO ÁGUA
    1163 palavras | 5 páginas