FISIOPATOLOGIA DA FUNÇÃO RESPIRATÓRIA E SUAS ALTERAÇÕES

5341 palavras 22 páginas
UNIVERSIDADE PAULISTA

ANELISE GUTIERREZ MARTINS – B76CGB-4
HENRIQUE BUENO DA SILVA TAVARES LIMA – 7195001
ISABELA FUZA MASSUIA – B7672C-4
ISABELLA SIMONI LOPES – B815GE-8
NATHÁLIA FERNANDA CASSIANO DA SILVA – B681HJ-0

FISIOPATOLOGIA DA FUNÇÃO RESPIRATÓRIA E SUAS ALTERAÇÕES

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
2014/1

ANELISE GUTIERREZ MARTINS – B76CGB-4
HENRIQUE BUENO DA SILVA TAVARES LIMA – 7195001
ISABELA FUZA MASSUIA – B7672C-4
ISABELLA SIMONI LOPES – B815GE-8
NATHÁLIA FERNANDA CASSIANO DA SILVA – B681HJ-0

FISIOPATOLOGIA DA FUNÇÃO RESPIRATÓRIA E SUAS ALTERAÇÕES

Trabalho

apresentado

ao

Curso

de

Biomedicina da Universidade Paulista –
UNIP, como requisito para aprovação na disciplina de

Atividades
…exibir mais conteúdo…
24
2.4.2. Principal patologia da obstrução das vias aéreas. ...................... 24
2.4.2.1. Doença obstrutiva crônica correlacionada com tabagismo ...... 24
CONSIDERAÇÕES FINAIS ....................................................................... 26
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .......................................................... 27

5

1. INTRODUÇÃO

A principal função dos pulmões é promover a troca gasosa contínua entre o ar inspirado e o sangue da circulação pulmonar, fornecendo oxigênio ( o dióxido de carbono (C

) e removendo

). A vida depende da realização contínua e eficiente desse

processo, mesmo em condições alteradas por doenças ou por ambiente desfavorável (RAGATIERI, 2014).
Os pulmões têm movimentos passivos, sempre dependentes de forças externas. A ventilação espontânea se inicia nos centros respiratórios da medula e ponte, estimulando os nervos frênicos e somáticos eferentes que, por sua vez, ativarão a musculatura inspiratória (diafragma e intercostais externos) provocando sua contração e início da inspiração (SARAIVA, 1996).
Há certos tipos de doenças que cursam com grandes distensões abdominais que, comprimindo o diafragma, interrompem a homeostasia do sistema respiratório e causam alterações do volume pulmonar e das trocas gasosas, levando a distúrbios na inflação dos pulmões (SARAIVA 1996).
Insuficiência respiratória (IR) compreende a dificuldade encontrada pelo
Sistema Respiratório em desempenhar

Relacionados

  • razão e função da hermeneutica juridica
    3583 palavras | 15 páginas
  • Fisiopatologia da sepse e suas implicações terapêuticas
    9388 palavras | 38 páginas
  • Gruning - A função das Relações Públicas e sua contribuição para a efetividade organizacional
    1293 palavras | 6 páginas
  • Fisiopatologia da Trombose
    5517 palavras | 23 páginas
  • Fisiopatologia da laminite
    1212 palavras | 5 páginas
  • A sensopercepção e suas alterações
    976 palavras | 4 páginas
  • FISIOPATOLOGIA DA FUNÇÃO RESPIRATÓRIA E SUAS ALTERAÇÕES
    6184 palavras | 25 páginas
  • Centro de Controle de Zoonoses sua função e importância
    1128 palavras | 5 páginas
  • Síndrome da angústia respiratória (sar)
    1704 palavras | 7 páginas