Falência da pena de prisão

2746 palavras 11 páginas
3 FALÊNCIA DA PENA DE PRISÃO

3.1 EVOLUÇÃO DA PENA PRIVATIVA DE LIBERDADE E DAS PRISÕES

Inicialmente, acreditava-se que a pena privativa de liberdade seria o meio mais adequado para reabilitar o delinqüente. Contudo, atualmente e na prática, a idéia de recuperação fora abandonada restando apenas uma finalidade: a de manter o delinqüente afastado da sociedade. A origem da pena é remota, tão antiga quanto a humanidade, mas é apenas a partir do fenômeno da humanização da pena que a privação de direitos entra em substituição à punição física. As prisões possuem sua origem nas celas eclesiásticas, utilizadas para fins penitenciais como forma de castigo aos hereges. Em meados do século XVI, a prisão era apenas uma medida cautelar até que a pena principal fosse proferida. É no final deste século que a prisão passa a ser o local definitivo para o cumprimento da pena, tornando a supressão de liberdade a essência do sistema punitivo, já com a idéia de ressocializar o preso. [1] Diversos foram os filósofos a comentar sobre as penas de prisão. Dentre eles, merecem destaque, Cesare Beccaria e John Howard. Beccaria, em “Dos Delitos e das Penas” (1764), condenava a tortura; o suplício; a pena de morte; entre outros métodos de castigo corporal. [2] Acreditava que a pena possuía finalidade de intimidação. John Howard (1726-1790), por sua vez, através de peregrinações em prisões de todo o mundo, buscava melhores condições aos

Relacionados

  • Principais aspectos das obras de martins pena
    2499 palavras | 10 páginas
  • Análise da quarta parte de “vigiar e punir”: prisão
    1136 palavras | 5 páginas
  • A favor da pena de morte no brasil
    1039 palavras | 5 páginas
  • Penas e dosimetria da pena
    6820 palavras | 28 páginas
  • pedido de revogação da prisão preventiva
    1694 palavras | 7 páginas
  • PRISÃO DE XIFÓPAGOS: UM DOGMA DO DIREITO ENTRE A INDIVIDUALIZAÇÃO DA PENA E A SANSÃO DE RECLUSÃO.
    1828 palavras | 8 páginas
  • História e evolução da pena de prisão e finalidades da pena
    2290 palavras | 10 páginas
  • Princípios da Falência
    890 palavras | 4 páginas
  • O histórico da pena de morte
    1204 palavras | 5 páginas