Federalismo fiscal

1093 palavras 5 páginas
FEDERALISMO FISCAL

Em que consiste e como é no Brasil:

O Federalismo Fiscal trata das competências tributárias dentro do território nacional e, portanto, das regras que regem o desenvolvimento econômico das regiões. Tais regras são divididas em metas de competência da União, dos Estados e dos Municípios que descentralizam a atuação Estatal, garantindo uma maior eficiência na Administração Pública. As competências tributárias são assim repartidas entre os entes federativos visando o equilíbrio da distribuição de ingresso, receitas e despesas. Estas não são concorrentes, isto é, onde um ente da federação tributa, o outro não o pode fazer, sob pena de haverem bitributações, que são maléficas do ponto de vista da harmonia entre os entes federados. A repartição de competências e metas pela Constituição da República Federativa do Brasil se torna mais eficaz, pois os entes federados possui um maior conhecimento das necessidades de sua população local do que o ente central. Assim com a divisão de receitas os recursos são obtidos, em sua maioria, por meio de tributos que podem ser impostos, taxas e contribuições, conforme sua natureza. Os tributos somente podem ser criados por força de lei e dentro da matéria que a Carta Magna estabelece, regidos pelo princípio da predominância do interesse de cada ente regional ou local. Mas grande parte da arrecadação dos tributos nacionais se concentra nas mãos da União, o que cria certa desigualdade na distribuição de metas e

Relacionados

  • manual de execução fiscal
    15912 palavras | 64 páginas
  • Os aspectos criminais ao descumprimento dos princípios basilares da lei de responsabilidade fiscal na prestação de contas pelo gestor público
    11678 palavras | 47 páginas
  • Respostas da Apostila de Práticas Tributárias, Fiscais e Escrituração Eletrônica
    3744 palavras | 15 páginas
  • eSocial
    2512 palavras | 11 páginas
  • Responsabilidade Fiscal
    3629 palavras | 15 páginas
  • Sped, aplicações vantagens e desvantagens
    5249 palavras | 21 páginas
  • Ação anulatória de débitos fiscais
    1587 palavras | 7 páginas
  • Bolsa-família - aspectos positivos e negativos
    5786 palavras | 24 páginas
  • Exercicios de escrita fiscal
    5614 palavras | 23 páginas
  • Lei de responsabilidade fiscal e seus demonstrativos contábeis
    18090 palavras | 73 páginas