Feminismo: que história é essa?

1596 palavras 7 páginas
Resenha

Feminismo: que história é essa? de Daniela Auad
Rio de Janeiro,
DP&A,
2003

Daniela Auad é formada em Pedagogia pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Atualmente, faz doutorado em Educação pela mesma instituição, sendo bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Leciona na Universidade Paulista (UNIP) e na Faculdade Fernão Dias (FAFE). A autora busca uma melhor compreensão do feminismo e para isso apresenta a condição das mulheres desde as “sociedades primitivas” até as sociedades chamadas “modernas”. No início do livro, a autora define o que o feminismo não é, ou seja, feminismo não é queima de sutiãs, não é um grupo de mulheres feias e mal-amadas,
…exibir mais conteúdo…
No entanto, para os filósofos iluministas as mulheres, por terem sua “natureza” ligada à intuição e à imaginação, não eram capazes de avaliar, julgar, estabelecer relações, enfim fazer uso da razão. Por esse motivo, as mulheres eram consideradas irracionais ou dotadas de uma razão inferior. Nos dias atuais ainda permanece a idéia de que as mulheres são mais intuitivas, usam mais a imaginação e por isso são menos capazes de usar a razão e o raciocínio lógico. Essa idéia prejudica não só as mulheres como também os homens, pois aqueles mais intuitivos são taxados de “menos masculinos”. As diferenças entre homens e mulheres são consideradas como “naturais” e não como algo construído historicamente. Apesar de sua efetiva participação na Revolução Francesa, a mulher foi colocada sob tutela do pai ou marido na primeira Constituição francesa (1807) o que demonstrou que os ideais de igualdade, liberdade e fraternidade restringiam-se aos homens. Em relação ao mercado de trabalho, mulheres e homens de todo o mundo lutaram por melhores condições e melhores salários. Contudo, mesmo nos dias de hoje, os salários das mulheres continuam inferiores aos dos homens. A luta das mulheres não era só por melhores condições de trabalho mas também pelo direito ao voto, ou

Relacionados

  • Trabalho sobre feminismo
    7894 palavras | 32 páginas
  • Movimento feminista
    4305 palavras | 18 páginas
  • PROJETO DE TCC - O papel da mulher em "As Meninas" de Lygia Fagundes Telles num panorama do feminismo brasileiro
    2251 palavras | 10 páginas
  • 1°,2° E 3° onda do feminismo e o que é pós feminismo
    2036 palavras | 9 páginas
  • Fichamento
    944 palavras | 4 páginas
  • A emancipação feminina dos anos 60
    5877 palavras | 24 páginas
  • Gênero linda nicholson
    3576 palavras | 15 páginas
  • Movimento feminista
    2510 palavras | 11 páginas
  • QUESTÃO DE GENERO NA OBRA O QUINZE DE RACHEL DE QUEIROZ UMA ANÁLISE DA EMANCIPAÇÃO DA PERSONAGEM CONCEIÇÃO
    7039 palavras | 29 páginas