Fichamento, cap1 pensando criticamente com a psicologia científica

1802 palavras 8 páginas
O Método Científico

Os psicólogos armam suas atitudes científicas com o método científico: eles fazem observações, e depois refinam suas teorias à luz de novas observações. Tendemos a usar o termo teoria para significar “simples intuição”. Uma teoria científica explica por meio de um conjunto de princípios integrados. Estes princípios organizam e estabelecem predições sobre os comportamentos e os eventos. Ao organizar fatos isolados, a teoria simplifica a realidade. Existem muitos fatos sobre o comportamento, de modo que é difícil lembrar todos. Ao reunir os fatos e ligá-los a princípios profundos, a teoria oferece um resumo útil. Que ligamos os pontos observados, podemos descobrir um quadro coerente. Uma boa teoria não só parece atraente. Ela precisa conter predições analisáveis, chamada de hipótese. Ao nos possibilitar testar e rejeitar ou reexaminar a teoria, tais predições dão direção à pesquisa. Elas especificam que resultados irão sustentar a teoria e que resultados irão desaprová-la. Os psicólogos relatam suas pesquisas o mais corretamente possível com definições operacionais claras dos conceitos – para permitir a outros replicarem (repetir) suas observações. Se outros pesquisadores recriarem um estudo com participantes e materiais diferentes e conseguirem resultados similares, então nossa confiança na fidedignidade da descoberta cresce. A teoria será útil se ela organizar eficazmente uma série de observações e relatos e fizer pressuposições claras que

Relacionados

  • A RELAÇÃO DA METODOLOGIA DE PESQUISA CIENTÍFICA COM A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DE PÓS-GRADUANDOS LATO SENSU
    6445 palavras | 26 páginas
  • Fichamento: psicologia do desenvolvimento
    4573 palavras | 19 páginas
  • Psicologia Entrevista com Idoso
    1495 palavras | 7 páginas
  • A fenomenologia e suas relações com psicologia
    1882 palavras | 8 páginas
  • Fichamento da obra: DEMO, Pedro. Pesquisa e construção de conhecimento: metodologia científica no caminho de Habermas.
    1079 palavras | 5 páginas
  • Escrevendo: fichamento, paper, resumo, resenha, esquema, artigo científico, comunicação científica, ensaio científico e relatório de pesquisa
    819 palavras | 4 páginas
  • Resenha do capítulo Pensando a psicologia aplicada à Justiça do livro “Psicologia Jurídica no Brasil”
    769 palavras | 4 páginas
  • Relação da psicologia com a pedagogia
    4294 palavras | 18 páginas