Fichamento livro "Uma história Social da Mídia"

4102 palavras 17 páginas
Fichamento

Título: Uma história Social da Mídia
Autor: Asa Briggs & Peter Burke
Editora: Zahar
Ano: 2006
Local: Rio de Janeiro
Nº de páginas: 363

Referência Bibliográfica:

BRIGS, Asa; BURKE, Peter. Uma História Social da Mídia. De Gutenberg à Internet. Rio de Janeiro: Zahar, 2006.

(BRIGS; BURKE, 2006)

Ideias centrais:

Introdução:
- Somente na década de 20 começou-se a falar de mídia.
- Nos anos 50 começou-se a falar em revolução da comunicação
- O interesse sobre os meios é mais antigo, a Retórica era valorizada na Grécia e Roma antigas e foi estudada na Idade Média e no Renascimento
- Nos séculos XVIII e XIX a Retórica também era incentivada
- No final do século XIIII surgiu o conceito de opinião pública
…exibir mais conteúdo…
Pag.16

- “A civilização grega era reflexo do poder da palavra falada” – Innis

- As imagens serviam para aqueles que não sabiam ler, da mesma maneira que a escrita servia para aqueles que liam – papa Gregório o Grande (c.540-604). Os evangelhos foram escritos com palavras, mas os ícones em ouro. Iconografia: ícone se refere a uma celebridade secular, como por exemplo a cantora Madonna. As imagens possuíam um sistema complexo de significação, “a arte era didática” e ensinavam o que as pessoas precisavam saber sobre os dogmas e a religião – pinturas no interior das igrejas ou nos vitrais.

- Rituais também era um meio de comunicação medieval: quando não tem anotação, o ritual precisa ser lembrado e para ser lembrado precisa ser fácil. O ritual possui um componente visual forte e vários objetos simbólicos. Rituais públicos foram realizados na Europa durante mil anos 500 a 1500. O rito é uma forma superior de publicidade. Ex.: Família Real Inglesa.

- Na era Medieval eram poucos os letrados. Toda a cultura era considerada essencialmente oral. Confiava-se mais na palavra de três bispos do que num documento do papa. Pag 20

- A cultura escrita só começa no século XII e XIII. Havia nessa época uma produção elevada de manuscritos e iluminuras. Pag 21

- Com o desenvolvimento da comunicação elétrica, iniciada com o telégrafo, no século XIX, surgiu uma percepção de mudança

Relacionados

  • Fichamento - Livro - Por Que Estudar Midia - Roger Silverstone
    986 palavras | 4 páginas
  • Fichamento: o preconceito linguístico. prof. marcos bagno
    1453 palavras | 6 páginas
  • Resumo de imagem e fantasia, por cristoph wulf
    1255 palavras | 6 páginas
  • Memorial Descritivo - Multimeios Didáticos
    11614 palavras | 47 páginas
  • TÉCNICAS DE ESTUDO E PESQUISA 4
    1810 palavras | 8 páginas
  • Projeto de pesquisa midia sensacionalista
    2604 palavras | 11 páginas
  • fichamento cidades rebeldes
    3794 palavras | 16 páginas
  • Fichamento: "Leitores, Espectadores e Internautas" - Canclini
    2670 palavras | 11 páginas
  • MÍDIA ELETRÔNICA
    2797 palavras | 12 páginas
  • Fichamento: Da segregação a Fragmentação Socioespacial
    1737 palavras | 8 páginas