Fichamento ricardo antunes adeus ao trabalho???

3285 palavras 14 páginas
Capítulo I – Fordismo, toyotismo e acumulação flexível Segundo o autor Ricardo Antunes, no começo da década de 80 ocorreram profundas transformações no mundo do trabalho, na estrutura produtiva, nos sindicatos e política em alguns países de capitalismo avançado e do Terceiro Mundo industrializado. Com grandes saltos tecnológicos, a automação, a robótica e a microeletrônica invadiram o universo fabril mudando as relações de trabalho e produção do capital. O fordismo processo de trabalho que, junto com o taylorismo, predominou na grande indústria capitalista ao longo deste século. O toyotismo processo de “especialização flexível” substitui o fordismo que seria o processo de produção em série e massa, buscando adequar-se a nova …exibir mais conteúdo…
Corresponde à fase atual do capitalismo que se caracterizou pelo crescimento da concorrência, pela diferenciação e pela qualidade dos produtos que predomina na lógica neoliberal. Retratando no próximo capítulo as questões presentes na contemporaneidade do mundo do trabalho em sua subjetividade.

Capítulo II – As metarmofoses no mundo do trabalho Para Antunes o mundo do trabalho na contemporaneidade vem sofrendo diversas mudanças, com a diminuição da classe operária industrial o trabalho precisou se ordenar novamente surge assim paralelamente uma expressiva expansão do trabalho assalariado a partir da ampliação do setor de serviços, há uma crescente incorporação do contingente feminino no universo operário onde exclui os mais jovens e os mais velhos, vivencia-se também uma subproletarização presente na expansão do trabalho parcial, temporário, precário, subcontratado, terceirizado que marca a sociedade dual no capitalismo avançado com o fluxo migratório em busca do welfare state. Há, portanto, um processo de maior heterogeneização, fragmentação e complexificação da classe trabalhadora. Há uma nítida redução do proletariado fabril, industrial, manual, especialmente nos países de capitalismo avançado, quer seja em decorrência da recessão de funcionários, quer seja pela automação, robótica e

Relacionados