Filosofia cristã

1205 palavras 5 páginas
Filosofia cristã
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Símbolos do Cristianismo
Filosofia cristã - é o conjunto de ideias filosóficas iniciadas pelos seguidores de Jesus Cristo do século II aos dias de hoje.
Esta filosofia surgiu com o intuito de unir ciência e fé, partindo de explicações racionais naturais tendo o auxílio da revelação cristã. Vários pensadoresacreditavam que havia uma relação harmoniosa entre a ciência e a fé, outros afirmavam que havia contradição e outros tentavam diferençá-las. Esta mesma discussão era questionada no campo da filosofia e da fé. Diversos filósofos relacionavam o pensamento grego com o pensamento cristão.
Há estudiosos que questionam a existência de uma filosofia cristã propriamente dita.
…exibir mais conteúdo…
O ponto de partida filosófica da filosofia cristã é alógica, não excluindo as doutrinas teológicas cristãs. [3] Embora haja relação entre as doutrinas teológicas e a reflexão filosófica na filosofia cristã, as reflexões desta possui caracterização estritamente racional.
[editar]Justificação das verdades de fé
Não deve haver contrariedade entre a filosofia cristã e as verdades de fé. Em

Relacionados

  • INTRODUÇÃO À FILOSOFIA – UMA PERSPECTIVA CRISTÃ. Norman Geisler e Paul D. Feinberg
    1901 palavras | 8 páginas
  • 1. As características filosóficas do cristianismo
    2902 palavras | 12 páginas
  • Filosofia medieval
    1932 palavras | 8 páginas
  • Escolas filosóficas da idade média
    1688 palavras | 7 páginas
  • Patrística e escolástica
    1944 palavras | 8 páginas
  • O cristianismo nascente e a filosofia antiga
    1361 palavras | 6 páginas
  • História da teologia cristã
    6379 palavras | 26 páginas
  • Questões sobre o livro filosofia medieval
    731 palavras | 3 páginas
  • A filosofia e seus primeiros pensadores
    1519 palavras | 7 páginas
  • O cristianismo na idade media
    1424 palavras | 6 páginas