Fisiologia do esforço

1959 palavras 8 páginas
CONTEÚDOS DE FISIOLOGIA

1 – Introdução à Fisiologia do Esforço
1.1. O objetivo da fisiologia do exercício e do desporto A fisiologia do exercício e do desporto evoluiu da anatomia e fisiologia. A anatomia é o estudo da estrutura, ou morfologia, de um organismo, com esta pretendemos conhecer a estrutura básica das várias partes do corpo e as suas inter relações. A fisiologia é o estudo do funcionamento do corpo, compreendendo os sistemas orgânicos, tecidos, células e as moléculas intracelulares do nosso corpo a funcionarem e como as suas funções são integradas para regular o nosso ambiente interno. Ambas estão relacionadas como tal, não se pode discutir a fisiologia sem conhecer a anatomia. A fisiologia do exercício é o estudo de como as estruturas e funções do corpo são alteradas quando somos expostos a episódios agudos e crónicos de exercício. A fisiologia desportiva deriva da fisiologia do exercício dado que, aplica os conceitos da fisiologia do exercício ao treino do atleta e à melhora do desempenho desportivo.

1.2. As respostas fisiológicas agudas ao exercício
Ao iniciar o estudo da fisiologia do exercício e do desporto, é importante compreender como o corpo responde a um período de exercício, desde uma simples corrida (resposta aguda), para uma melhor compreensão das adaptações crónicas, desencadeadas por longos períodos de treino, como as alterações na função cardiovascular.

1.3. Fatores que devem ser considerados durante a

Relacionados

  • Fisiologia e biomecanica do esforço na água
    1921 palavras | 8 páginas
  • Fisiologia da dor
    1408 palavras | 6 páginas
  • Nascimento e evolução da ergonomia
    812 palavras | 4 páginas
  • CINESIOLOGIA
    1310 palavras | 6 páginas
  • Medida do consumo humano de energia no repouso e no exercício.
    1059 palavras | 5 páginas
  • Projeto ”fisiologia humana aplicada ao exercício”
    1159 palavras | 5 páginas
  • Melhor Sistema Energético Para Trabalhar Com Crianças de 6-10 Anos
    839 palavras | 4 páginas
  • relatorio fisiologia
    2065 palavras | 9 páginas
  • Ergonomia e Fisiologia do trabalho
    8198 palavras | 33 páginas