Fisiopatologia da sepse e suas implicações terapêuticas

9388 palavras 38 páginas
Medicina, Ribeirão Preto,
31: 349-362, jul./set. 1998

Simpósio: MEDICINA INTENSIVA: I. INFECÇÃO E CHOQUE
Capítulo II

FISIOPATOLOGIA DA SEPSE E SUAS
IMPLICAÇÕES TERAPÊUTICAS
PATHOGENETIC MECHANISMS OF SEPSIS AND THEIR THERAPEUTICS IMPLICATIONS

Gerson Alves Pereira Júnior1, Flávio Marson1, Mario Abeid1, Fátima M. Ostini1,
Simone Hughes de Souza2 & Anibal Basile-Filho3

1
Médicos Intensivistas – 2 Médica Residente – 3 Docente e Chefe da Disciplina de Terapia Intensiva do Departamento de Cirurgia,
Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.
CORRESPONDÊNCIAS: Anibal Basile-Filho – Disciplina de Terapia Intensiva, Departamento de Cirurgia, Ortopedia e Traumatologia da
…exibir mais conteúdo…
Hipotensão e anormalidades da perfusão podem incluir, mas não são limitadas por acidose lática, oligúria ou uma alteração aguda no estado mental;
• Hipotensão relacionada à sepse: pressão arterial sistólica < 90 mmHg ou uma redução > 40 mmHg da linha de base, na ausência de outras causas de hipotensão; • Choque séptico: sepse relacionada com hipotensão, apesar da adequada reposição volêmica com a presença de anormalidades da perfusão que podem estar associadas à acidose metabólica, oligúria ou alteração aguda do estado mental. Pacientes que recebem agentes inotrópicos ou vasopressores podem não estar hipotensos no momento em que as anormalidades da perfusão são medidas;
• Síndrome da disfunção de múltiplos órgãos
(SDMO): presença da alteração na função orgânica, em um paciente agudamente enfermo, de modo que a homeostasia não possa ser mantida sem suporte avançado de vida.
Foram abolidos alguns termos largamente utilizados, tais como:
• Septicemia: originalmente o termo foi relacionado à presença de microorganismos ou suas toxinas na circulação sangüínea. Entretanto, tem sido utilizado na literatura, numa grande variedade de modos, tendo causado muita confusão na sua interpretação, resultando no abandono do seu uso;
• Síndrome séptica: este termo foi aplicado a uma variedade de processos inflamatórios sistêmicos, causando confusão, resultando também no abandono do seu uso.
350

Tais definições levam à

Relacionados

  • Resumo: coerção e suas implicações de murray sidman.
    425 palavras | 2 páginas
  • Fisiopatologia da Trombose
    5517 palavras | 23 páginas
  • FISIOPATOLOGIA DA FUNÇÃO RESPIRATÓRIA E SUAS ALTERAÇÕES
    5341 palavras | 22 páginas
  • Teoria Malthusiana e suas implicações no Agronegócio
    831 palavras | 4 páginas
  • Fisiopatologia da laminite
    1212 palavras | 5 páginas
  • Fisiopatologia da aterosclerose
    2887 palavras | 12 páginas
  • FISIOPATOLOGIA DA FUNÇÃO RESPIRATÓRIA E SUAS ALTERAÇÕES
    6184 palavras | 25 páginas
  • O planejamento curricular e suas implicações no trabalho docente
    917 palavras | 4 páginas
  • A PRODUÇÃO DA PESQUISA EM EDUCAÇÃONO BRASIL E SUAS IMPLICAÇÕES
    1008 palavras | 5 páginas
  • Diversificação corporativa e suas implicações.
    826 palavras | 4 páginas