Fisioterapia ortopédica

8016 palavras 33 páginas
FISIOTERAPIA ORTOPÉDICA

SOROCABA
2012

Introdução 04 Luxação congênita de quadril 05 Osgood- Schlatter 07 Torcicolo congênito 11 Sinding- Larsen-Johansson 12 Epifisiolise da cabeça femoral 14 Pé torto congênito 16 Doença de sever 18 Legg Perthes Calvé 19 Lesões musculares 22 Bursites e tendinites 23 Escoliose 25 Doença Óssea Metabólica 27 Conclusão 34 Bibliografia 35

INTRODUÇÃO

A disciplina Fisioterapia Ortopédica visa o estudo das abordagens fisioterapêuticas nas disfunções músculo esqueléticas e tendíneas resultantes de traumas e suas conseqüências imediatas e tardias, lesões por esforços repetitivos e patologias ortopédicas em crianças e adultos com o objetivo de prevenção, avaliação,
…exibir mais conteúdo…
Nesta faixa etária, quando do ato operatório, ainda teremos de considerar o encurtamento femoral (ósseo) para permitir a redução articular como, também, as operações com osteotomias complementares na região acetabular (osteotomias tipos Salter, Dega e outras).
O limite de idade para indicação das tentativas de redução do quadril será até os quatro ou cinco anos de vida da criança. Após esta idade, as denominadas operações "de salvamento" da articulação são utilizadas, incluindo as osteotomias pélvicas mais elaboradas e difíceis (tipos Steel, de Chiari, poligonal pélvica e outras) ou pensaremos nas artroplastias totais do quadril.

OSGOOD-SCHLATTER
Esta síndrome descrita primeiramente por Osgood em 1903 se apresenta durante a adolescência em forma de uma tumefação em torno do tubérculo tibial e do tendão patelar. (LOVELL e WINTER, 1988).
O aumento de volume da tuberosidade anterior da tíbia acompanhada de dor e edema é considerado como doença de Osgood-Schlatter, por terem sido estes autores os primeiros a descreverem separadamente sobre esta patologia. É mais freqüente no sexo masculino e predomina na faixa etária dos 8-12 anos podendo surgir até os 15 anos. Geralmente são pacientes sem outros problemas, hígidos, praticantes de atividades esportivas e com musculatura bem desenvolvida ( XAVIER, 1998).
Os fatores etiológicos da doença de

Relacionados

  • Fisioterapia na ortopedia traumatologia e desportiva
    2188 palavras | 9 páginas
  • Fisioterapia
    11887 palavras | 48 páginas
  • Benefícios da hidroterapia no tratamento conservador e pós-operatório de pacientes portadores de hérnia discal lombar
    1819 palavras | 8 páginas
  • Reação do biureto
    2507 palavras | 10 páginas
  • ORTESE EM DESPORTISTAS
    1683 palavras | 7 páginas
  • Exercicios resolvidos da historia da fisioterapia
    772 palavras | 4 páginas
  • A doença do escrivão e dedo em gatilho
    994 palavras | 4 páginas
  • Reabilitação fisioterapêutica em paciente pós tenorrafias: Relato de Caso.
    1001 palavras | 4 páginas
  • Marchas patológicas
    933 palavras | 4 páginas
  • Espondilolistese
    1407 palavras | 6 páginas