Folclore e Antropologia

7218 palavras 29 páginas
O que é Folclore?
A palavra Folclore provém do neologismo inglês folk-lore (saber do povo) cunhado por Williem John Thoms, em 1846, para denominar um campo de estudos até então identificado como "antigüidades populares" ou "literatura popular". Nesse sentido amplo de "saber do povo", a idéia de folclore designa muito simplesmente as formas de conhecimento expressas nas criações culturais dos diversos grupos de uma sociedade. Difícil dizer onde começa e onde termina o folclore, e muita tinta já correu na busca de definir os limites de uma ideia tão extensa. É o frevo, o chorinho, o xote, o baião, a embolada, mas será também o samba, o funk, o rock? É o natal, a páscoa, o Divino, o Boi-Bumbá, mas será também o desfile das escolas de samba? É o artesanato em barro, madeira, trançado, mas será também a arte de Louco ou de Geraldo Teles de Oliveira? Pensamos e pesquisamos um bocado sobre o assunto. Chegamos à conclusão de que mais importante do que saber concretamente o que é ou não folclore é entender que folclore é, antes de qualquer coisa, um campo de estudos. Isso quer dizer que a noção de folclore não está dada na realidade das coisas. Ela é construída historicamente, e, portanto a compreensão do que é ou não folclore varia ao longo do tempo. Para se ter uma ideia, aqui no Brasil, no começo do século, os estudos de folclore incidiam basicamente sobre a literatura oral, depois veio o interesse pela música, e mais tarde ainda, lá para meados do século, o campo se amplia com

Relacionados

  • ANTROPOLOGIA E CULTURA BRASILEIRA
    2086 palavras | 9 páginas
  • Antropologia e História do Desporto
    3776 palavras | 16 páginas
  • A ANTROPOLOGIA JURÍDICA E A VIOLÊNCIA ESTRUTURAL
    3762 palavras | 15 páginas
  • Lixo extraordinário e antropologia juridica
    3296 palavras | 14 páginas
  • Antropologia S Crates E Espinosa
    393 palavras | 2 páginas
  • perguntas e respostas de antropologia
    1047 palavras | 5 páginas
  • antropologia e cultura 1
    6672 palavras | 27 páginas
  • Antropologia do corpo e modernidade
    8986 palavras | 36 páginas